Diario de Pernambuco
Busca

ALIANÇA MILITAR

Hungria aprova adesão da Suécia à OTAN

Entrada da Suécia na Aliança militar está neste momento cada vez mais próxima, uma vez que apenas faltava a aprovação do governo de Budapeste

Publicado em: 26/02/2024 15:18

Adesão da Suécia à OTAN foi aprovada por 188 votos a favor contra seis contra (Foto: AFP)
Adesão da Suécia à OTAN foi aprovada por 188 votos a favor contra seis contra (Foto: AFP)
O Parlamento da Hungria aprovou hoje (26) a adesão da Suécia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), por 188 votos a favor e seis contra.
 
A entrada da Suécia na Aliança militar está neste momento cada vez mais próxima, uma vez que apenas faltava a aprovação do governo de Budapeste. "Hoje é um dia histórico. Os parlamentos de todos os países membros da OTAN votaram agora a favor da adesão da Suécia à OTAN. A Suécia está pronta para assumir a sua responsabilidade pela segurança euro-atlântica", anunciou o primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson.
 
O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, congratulou a decisão. "Congratulo-me com o voto do parlamento húngaro para ratificar a adesão da Suécia à OTAN. Agora que todos os aliados o aprovaram, a Suécia se tornará o 32.º aliado da OTAN. A adesão da Suécia nos tornará a todos mais fortes e mais seguros”, afirmou.
 
Oslo formalizou a sua candidatura à Aliança em maio de 2022, após a invasão da Rússia na Ucrânia.
 
Já o embaixador dos EUA na Hungria, David Pressman, disse que a entrada da Suécia na Aliança Atlântica irá fortalecer a segurança dos Estados Unidos e da organização, além de ter importância estratégica para a própria Hungria.
 
O chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, também parabenizou a Suécia pela adesão. "O caminho para a Suécia aderir a OTAN, é claro, é uma vitória para todos nós. Foi bom que o parlamento húngaro tenha aprovado hoje a adesão. A decisão fortalece a nossa aliança de defesa e, portanto, a segurança da Europa e do mundo", indicou Scholz.

Tags: otan | suécia | hungria |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.