Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

UE e Ocidente condenam violência dos colonos israelitas na Cisjordânia

Em comunicado conjunto, países destacaram que, desde o início de outubro, foram realizados mais de 343 ataques violentos

Publicado em: 15/12/2023 12:17

Desde outubro, oito civis palestinos foram mortos, mais de 83 ficaram feridos e mais de 1.026 palestinos foram forçados a abandonar as suas casas (Foto: AFP)
Desde outubro, oito civis palestinos foram mortos, mais de 83 ficaram feridos e mais de 1.026 palestinos foram forçados a abandonar as suas casas (Foto: AFP)
O Reino Unido, França, Austrália, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha, Noruega, Finlândia, Luxemburgo, Países Baixos, Suécia, Suíça e a União Europeia manifestam a sua profunda preocupação com o número sem precedentes de ataques perpetrados por colonos extremistas contra os palestinos na Cisjordânia. 
 
Em um comunicado conjunto, assinado pelos ministros das Relações Exteriores, estes países destacaram que desde o início de outubro, os colonos realizaram mais de 343 ataques violentos, durante os quais oito civis palestinos foram mortos, mais de 83 ficaram feridos e mais de 1.026 palestinos foram forçados a abandonar as suas casas.
 
"Condenamos veementemente a violência cometida por colonos extremistas, que aterrorizam as comunidades palestinas. Reiteramos a nossa posição relativamente à política de assentamentos que é ilegal à luz do direito internacional, e recordamos a Israel as suas obrigações ao abrigo do direito internacional, em particular o artigo 49º da Quarta Convenção de Genebra", diz a nota.
 
O presidente da Autoridade da Palestina, Mahmoud Abbas, também apelou ao Conselheiro de Segurança Nacional norte-americano, Jake Sullivan, que os Estados Unidos interviessem para forçar Israel a parar esta agressão contra o povo da Cisjordânia, incluindo a região ocupada de Jerusalém”, além dos ataques israelitas em Gaza.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.