Diario de Pernambuco
Busca

RELIGIÃO

Papa Francisco fala de paz em Belém durante Missa do Galo no Vaticano

A "terra prometida" por Deus é o motivo de conflito entre Israel e a Palestina há anos

Publicado em: 25/12/2023 09:58 | Atualizado em: 25/12/2023 10:01

Papa Francisco celebra Missa do Galo no Vaticano ((crédito: Vatican News))
Papa Francisco celebra Missa do Galo no Vaticano ((crédito: Vatican News))

 

O Papa Francisco presidiu a Missa do Galo na noite deste neste domingo (24/12), na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Em seu discurso, diversas vezes, ele comentou sobre o amor e criticou a guerra no Oriente Médio. 

 

"Aqui está a maravilha do Natal: não uma mistura de sentimentos adocicados e confortos mundanos, mas a inaudita ternura de Deus que salva o mundo encarnando-se. Fixemos o Menino, olhemos para a sua manjedoura, para o presépio, que os anjos chamam 'o sinal': realmente constitui o sinal revelador do rosto de Deus, que é compaixão e misericórdia, onipotente sempre e só no amor", afirmou o pontífice.

 

Ele seguiu a homília comentando sobre o significado do Natal. "Nesta noite, irmãos e irmãs, podemos perguntar-nos: Em que Deus acreditamos? No Deus da encarnação ou no da performance? Sim, porque há o risco de viver o Natal tendo na cabeça uma ideia pagã de Deus, como se fosse um patrão poderoso que está no céu; um deus que se alia com o poder, o sucesso mundano e a idolatria do consumismo", sublinhou Francisco.

 

Ele, então, criticou a guerra no local onde Jesus nasceu. "E o nosso coração esta noite está em Belém, onde o Príncipe da Paz ainda é rejeitado pela lógica perdedora da guerra, com o estrondo das armas que ainda hoje O impede de encontrar alojamento no mundo", afirmou.

 

O Papa concluiu a oração, dizendo que o amor muda tudo. "Nesta noite, o amor muda a história. Fazei, Senhor, que acreditemos no poder do vosso amor, tão diverso do poder do mundo. Fazei que, à semelhança de Maria, José, os pastores e os magos, nos estreitemos ao vosso redor para Vos adorar. Feitos por Vós mais semelhantes a Vós, poderemos testemunhar ao mundo a beleza do vosso rosto", finalizou.

 

Com informações do Correio Braziliense

Tags: paz | vaticano | papa |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.