Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

Índia bate novo recorde diário com mais de 400 mil casos de Covid-19

Por: AFP

Publicado em: 01/05/2021 09:17 | Atualizado em: 01/05/2021 09:25

 (Foto: Sajjad HUSSAIN / AFP)
Foto: Sajjad HUSSAIN / AFP
A Índia superou neste sábado (1º/5) 400 mil novos casos de coronavírus em 24 horas, o primeiro país a atingir este número de contágios diários durante a pandemia. O ministério da Saúde informou que nas últimas 24 horas foram registrados 401.993 novos casos, o que eleva o total de infectados desde o início da pandemia a 19,1 milhões. Também foram registrados 3.523 mortes por Covid-19, o que deixa o balanço total em 211.853 óbitos.

Muitos especialistas afirmam que os números reais são muito mais elevados porque a Índia não consegue fazer testes de diagnóstico suficientes e os registros sobre as causas das mortes são deficientes. As autoridades indianas flexibilizaram as restrições na maioria das atividades no início do ano, quando o número de casos era de menos de 10 mil por dia.

Apesar do aumento expressivo de casos no fim de março, as autoridades permitiram grandes concentrações religiosas, como a Kumbh Mela, que atrai milhões de peregrinos hindus, e comícios políticos.

Apenas em abril a Índia detectou quase sete milhões de casos. Mas em relação a sua população de 1,3 bilhão de habitantes, o número de contágios é relativamente baixo na comparação com outros países.

Em mais uma tragédia, 16 pacientes de Covid-19 e duas enfermeiras morreram neste sábado no incêndio de um hospital em Bharush, no estado de Gujarat (oeste). No momento do incêndio, o hospital de quatro andares tinha 50 pacientes internados.

"As primeiras informações da investigação revelam que o incêndio foi provocado por um curto-circuito na UTI do hospital", afirmou à AFP Rajendrasinh Chud, da polícia local.

Este foi o mais recente incidente do tipo no país. Em 23 de abril, 13 pacientes de Covid-19 morreram em um incêndio na região de Mumbai. Poucos dias depois, 22 pessoas faleceram em outro incêndio no estado de Maharashtra.

O mesmo estado já havia registrado uma tragédia que matou 22 pacientes de coronavírus, quando um incidente interrompeu o fornecimento de oxigênio.

O sistema de saúde indiano enfrenta problemas crônicos de falta de financiamento e a pandemia provoca uma escassez crítica de oxigênio, medicamentos e leitos de hospital. Em muitas regiões, os pacientes morrem nos arredores dos hospitais sem conseguir uma internação.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Resumo da semana: briga por terceira via em 2022, adeus a Paulo Gustavo e vacinação de gestantes
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco