Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

ACIDENTE

Equipes de resgate recuperam dezenas de corpos após naufrágio na Nigéria

Por: AFP

Publicado em: 27/05/2021 13:56

 (Apenas 20 passageiros foram encontrados com vida durante uma operação de resgate na quarta-feira. Foto: AFP)
Apenas 20 passageiros foram encontrados com vida durante uma operação de resgate na quarta-feira. Foto: AFP
Equipes de resgate nigerianas extraíram nesta quinta-feira (27) trinta corpos do rio Níger, no noroeste do país, um dia depois que um navio naufragou com mais de 180 passageiros a bordo, a maioria dos quais foram declarados desaparecidos.

Sobreviventes e autoridades locais dizem que apenas 20 passageiros foram encontrados com vida durante uma operação de resgate na quarta-feira. O saldo total de vítimas pode chegar a 160 pessoas. "Ontem cinco corpos foram encontrados e hoje outros 31, a operação continua, devemos encontrar mais corpos", disse Abubakar Shehu, um oficial local que supervisiona o dispositivo, à AFP.

Durante a temporada de chuva, os navios frequentemente emborcam ou naufragam nos rios nigerianos. Os navios estão muitas vezes sobrecarregados ou em más condições, mas mesmo assim, o acidente de quarta-feira é um dos mais graves dos últimos anos.

O navio de madeira, seriamente danificado, transportava mais do dobro dos passageiros autorizados, segundo autoridades nigerianas. Partiu em dois ao navegar entre a cidade do estado do Níger de onde zarpou, no centro do país, e a cidade de Wara, no estado de Kebbi (norte).

"Quando o navio se partiu em dois, me perguntei se as pessoas acabariam afundando", disse Usman Umar, um dos poucos sobreviventes, à AFP. "Nós, os sobreviventes, não somos mais de vinte", apontou.

Na quarta-feira à noite, o presidente nigeriano Muhammadu Buhari disse que foi um acidente "horrível" e estendeu suas condolências às famílias. No entanto, ele não anunciou nenhum balanço oficial.

O navio também carregava sacos de areia de uma mina de ouro próxima, de acordo com Abdullahi Buhari Wara, chefe administrativo do departamento de Ngaski no estado de Kebbi.

No início de maio, um navio que também estava sobrecarregado, com cem passageiros, virou e 30 pessoas morreram afogadas no estado do Níger.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco