Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

ESPANHA

Professor acusado de abusar de 36 crianças é preso em Madri

Por: AFP

Publicado em: 23/04/2021 13:39

 (Foto: Reprodução/Pixabay)
Foto: Reprodução/Pixabay
A polícia anunciou nesta sexta-feira(23) que prendeu um cidadão britânico que trabalhava como professor em uma escola bilíngue em Madri, um "perigoso predador sexual" que abusou de 36 crianças pequenas. 

O suspeito, que também ocasionalmente trabalhava como cuidador domiciliar, usou um nome falso para ocultar sua ficha criminal no Reino Unido e forjou um documento essencial para trabalhar com menores, disse o comunicado da polícia. 

O suspeito tirou "uma infinidade de fotos e vídeos" das vítimas, entre 4 e 8 anos, que mais tarde distribuiu em "fóruns ocultos de pedofilia" através da rede TOR, que se conecta à "dark web". 

“Ele aproveitou sua condição de professor para ter acesso às vítimas e conquistar a confiança dos pais, podendo assim gerar uma enorme quantidade de material”, explica o comunicado. 

A investigação começou no início do ano passado, quando a polícia espanhola foi informada pela polícia de Queensland, Austrália, de que havia detectado material na rede TOR que parecia ter sido carregado na Espanha. 

Analisando o material, a polícia espanhola se dedicou a identificar os locais onde as fotos e vídeos poderiam ter sido feitos, e concluiu que poderia ser um centro educacional em Madri. 

Localizada a escola, os agentes interrogaram toda a equipe, enquanto questionamentos apontavam que as imagens haviam sido feitas com um celular "com sistema operacional em inglês". 

Como nenhum professor tinha cadastro, suspeitaram que alguém pudesse estar usando documentos falsos e foi assim que encontraram o professor de nacionalidade inglesa. 

“Dada a gravidade dos fatos ocorridos, (...) foi acionado um dispositivo operacional de extrema urgência para garantir sua prisão”, disse a polícia, que recuperou o material que o suspeito havia armazenado em até dez aparelhos. 

O homem é acusado dos crimes de abuso sexual de menores e descoberta e divulgação de segredos, por violação da privacidade das vítimas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Equipamento desenvolvido pela UFPE elimina o coronavírus de ambientes de forma automatizada
ONU marca reunião para discutir a crise no Oriente Médio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 14/05
Cuba inicia vacinação contra a Covid-19 com imunizante próprio
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco