Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

Após mãe morrer com Covid-19, cinco meninas são adotadas pelos tios nos EUA

Publicado em: 15/04/2021 18:05

 (Foto: Divulgação/Família Jacobo/KCAL/KCBS )
Foto: Divulgação/Família Jacobo/KCAL/KCBS
Nos Estados Unidos, um tio adotou cinco sobrinhas que ficaram órfãs durante a pandemia. Para evitar que as meninas fossem para um orfanato, Fidencio Jacobo e Crystal decidiram acolher as crianças em sua pequena casa em Moreno Valley, Califórnia.

Jasmine Trujillo era mãe solteira e a responsável pelas crianças. A mulher de 33 anos morreu no início de janeiro deste ano por complicações causadas pelo coronavírus. Caso o irmão não ficasse com as sobrinhas, elas poderiam ser separadas em lares adotivos diferentes.

Em entrevista para a rede norte-americana NBC, o tio contou que nunca esperava por isso e que ninguém deveria passar por situações parecidas.

Fidencio é encanador e Crystal estudava enfermagem, mas interrompeu as aulas para cuidar das meninas. O casal já possuía um filho de 4 anos. Para suprir as necessidades que passavam, a família contou com a ajuda de outras pessoas.

Eles criaram uma campanha virtual de doações na plataforma GoFundMe e arrecadaram mais de 60 mil dólares. O dinheiro também foi utilizado para as despesas do funeral de Jasmine Trujillo. As doações já foram encerradas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco