Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

VACINA

Vacinas chinesas anticovid são 'seguras', mas falta informação

Por: AFP

Publicado em: 31/03/2021 13:49

Segundo especialistas são necessários estudos para confirmar a eficácia e segurança (Governo de São Paulo/divulgação)
Segundo especialistas são necessários estudos para confirmar a eficácia e segurança (Governo de São Paulo/divulgação)
Os especialistas em vacinas da Organização Mundial da Saúde (OMS) disseram, nesta quarta-feira (31/3), que uma análise provisória dos dados dos ensaios clínicos de dois imunizantes chineses anticovid demonstrou "segurança e boa eficácia", mas que falta informação.

"As vacinas demonstraram segurança e boa eficácia contra a Covid-19, quando a doença apresenta sintomas, mas faltam dados (...) sobre idosos e pessoas com outras enfermidades", afirmou o Grupo Estratégico Consultivo de Especialistas (SAGE) sobre vacinas da OMS.

E, uma vez que se apresentem, serão necessários estudos de eficácia e de segurança sobre estas duas vacinas "para avaliar seus efeitos" nestes grupos, acrescentaram.

Reunidos de 22 a 25 de março, estes especialistas estudaram as vacinas dos laboratórios chineses Sinopharm e Sinovac.

As decisões da OMS sobre os pedidos de homologação apresentados por ambos os laboratórios são esperadas para a partir do início de abril.

A homologação da OMS no âmbito de um procedimento de emergência permite aos países acelerar seus próprios processos de aprovação regulamentar para importar e administrar a vacina.

O presidente do grupo SAGE, Alejandro Cravioto, indicou que os especialistas vão esperar a decisão da OMS sobre a homologação antes de publicarem suas recomendações sobre o uso das vacinas chinesas.

Em 31 de dezembro de 2020, a OMS concedeu sua primeira homologação de urgência para a vacina da Pfizer/BioNTech, o mesmo acontecendo, na sequência, com os imunizantes da AstraZeneca e da Johnson & Johnson.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco