Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

ONU

ONU acusa que programas nucleares da Coréia do Norte foram financiados por hackers

Publicado em: 09/02/2021 19:56

 (Foto: Arquivo/AFP)
Foto: Arquivo/AFP
O comitê de sanções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas anunciou que o relatório anual sobre a questão revela que a Coréia do Norte conservou e desenvolveu seus programas nucleares e balísticos no ano passado, o que implica em violação às sanções internacionais. Também, segundo o relatório da ONU, uma parte para financiar esses programas tem origem em dinheiro desviado através de ataques cibernéticos, no qual é denunciado que a Coréia do Norte realizou operações contra instituições financeiras e casas de câmbio virtuais com o objetivo de pagar pelas armas e sustentar a economia do país. O montante deste valor chega a aproximadamente US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,6 bilhão). 

A agência Reuters, que obteve acesso ao documento, informou que o relatório de monitores de sanções independentes descreve que a Coréia do Norte manteve instalações nucleares, produziu material físsil e atualizou sua infraestrutura de mísseis balísticos, além de permanecer a buscar material e tecnologia para esses programas no exterior.

Além disso, o documento garante que um estado-membro não identificado, avaliou que a julgar pelo tamanho dos mísseis da Coréia do Norte, é altamente provável que um dispositivo nuclear possa ser montado em mísseis balísticos de longo, médio e curto alcance. Entretanto, o relatório ressalta que o estado-membro da ONU disse que é incerto se a RPDC (República Popular Democrática da Coréia) desenvolveu mísseis balísticos resistentes ao calor gerado durante a reentrada na atmosfera. O documento ainda aponta que apesar de não ter acontecido testes nucleares ou de mísseis balísticos em 2020, Pyongyang declarou que estava em preparação para o teste e a produção de novas ogivas de mísseis balísticos e o desenvolvimento de armas nucleares táticas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/03
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco