Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CAPTAÇÃO DE DADOS

Reportagem na Dinamarca denuncia que EUA espionou países escandinavos

Publicado em: 16/11/2020 20:43

 (Foto:  Wikipédia/Reprodução)
Foto:  Wikipédia/Reprodução
De acordo com publicação da empresa pública de radiodifusão dinamarquesa Danish Radio, os ministérios da Defesa, Relações Exteriores, Economia e da Indústria da Dinamarquesa foram alvos de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês). As informações noticiadas são baseadas no relatório de um denunciante do Serviço de Inteligência de Defesa dinamarquês, no qual afirma que a NSA se utilizou de uma cooperação ultrasecreta entre a Dinamarca e os EUA e assim espionou os principais ministérios e ainda empresas privadas dinamarquesas e de outros países escandinavos e aliados, como a Noruega e a Suécia.
 
Depois de muitas tentativas em vão de advertir a administração para o problema, o denunciante decidiu alertar o órgão supervisor do Serviço de Inteligência de Defesa dinamarquês, segundo o qual ocorreram falhas em supervisionar e investigar os relatos de espionagem. Após o fato, o ministro da Defesa da Dinamarca, Trine Bramsen, demitiu cinco pessoas de alto escalão dos serviços secretos do país.

Além disso, o relatório também atentou as autoridades do serviço secreto da Dinamarca sobre a probabilidade de haver ilegalidades na colaboração de inteligência para captar dados de cabos de internet do país. Segundo a reportagem do Danish Radio, a NSA conseguiu acesso aos cabos de fibra ótica e a um centro de dados na ilha de Amager, no sul de Copenhague. E a partir desta localidade, o tráfego de dados passou então a ser monitorado nas instituições políticas dinamarquesas, nos Países Baixos, Noruega, França e até na Alemanha. 

Para o professor de direito constitucional da Universidade de Copenhague, Jens Elo Rytter, é algo terrível, pois a autoridade que deveria garantir a segurança da Dinamarca ajudou a minar a segurança de importantes interesses do país. O acontecimento causou ainda repercussão nos países vizinhos à Dinamarca. “Não seria surpresa se os EUA espionassem os noruegueses, pois sabemos que o fizeram contra o governo de países aliados", disse o parlamentar da Noruega Freddy André Ovstegard.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão #276 Propagação vegetativa em plantas
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Segundo turno em PE: João Campos é eleito prefeito do Recife
Polícia Federal caça responsáveis por tentativa de ataque ao sistema do TSE
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco