Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

Economia

Preço do valor do ouro dispara no mercado norte-americano

Publicado em: 18/05/2020 16:00

O Banco Central dos Estados Unidos revelou que o preço do ouro atingiu o valor mais alto em mais de sete anos. Isto ocorre depois que a Reserva Federal dos EUA declarou que as ações e preços dos ativos poderiam sofrer um impacto expressivo provocado pela pandemia.

O órgão financeiro norte-americano ainda dos EUA acrescentou que o processo de recuperação econômica pode se estender até o final de 2021. Além do mais, o BC também ressaltou em seu relatório semestral que caso a crise sanitária se agrave, as imobiliárias comerciais devem estar entre as indústrias mais afetadas.

Desde que a disseminação da Covid-19 iniciou a redução do crescimento econômico, causando turbulência nas bolsas de valores e, consequentemente nos mercados de ações, o que acarretou a adoção de novas medidas e estímulos econômicos dos Governos e bancos centrais pelo mundo, o preço do ouro já subiu este ano 16%.

Segundo dados divulgados pela Bloomberg, o valor do metal precioso aumentou em 0,9%, alcançando os US$ 1.760 (R$ 10,3 mil) por onça, sendo este o preço mais alto desde outubro de 2012. A escalada nos preços do ouro acontece após o comunicado do BC, demonstrando a proporção da intensidade do impacto financeiro causado pelas paralisações de diversas atividades e seus efeitos na maior economia global. 

As vendas de varejo e a produção de fábricas nos EUA registraram no mês de abril quedas históricas. Em outros mercados o valor da prata subiu 2%, o da platina teve uma elevação de mais de 3% e o preço do paládio registrou uma alta de 1,2%.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Um ato por justiça e solidariedade
Resumo da semana: criança morre ao cair de prédio e reabertura pós-quarentena
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco