Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Mundo

ESPECIALISTAS

Pintura roubada há 22 anos na Itália é um original de Klimt

Por: AFP

Publicado em: 17/01/2020 15:57

 (Foto: Polizia di Stato/AFP)
Foto: Polizia di Stato/AFP
Uma pintura roubada há 22 anos e encontrada por acaso em dezembro nos jardins do Museu Piacenza, no norte da Itália, foi feita pelo famoso pintor austríaco Gustav Klimt, informou o gabinete da Promotoria nesta sexta-feira. 

"É com emoção que anuncio que o trabalho é autêntico", disse a promotora de Piacenza, Ornella Chicca, aos jornalistas.

A pintura encontrada no jardim da entidade dentro de um saco de lixo havia sido roubada em 1997. A obra foi submetida a um exame especializado para verificar se era o original e não uma cópia.

O roubo causou alvoroço e indignação internacional; portanto, as autoridades decidiram submeter a pintura encontrada a um exame especializado. 

Trata-se da obra "Retrato de uma dama", feita sob um fundo verde, que desapareceu em fevereiro de 1997 do museu durante a execução de obras de reforma.

Os jardineiros da entidade descobriram a pintura em dezembro, sem a moldura, dentro de um saco de lixo enquanto limpavam a hera externa que cobre uma parede do jardim. 

O saco com a obra estava dentro de um pequeno nicho, com uma porta, geralmente usada para ventilação, conforme revelado às autoridades. 

Segundo a polícia local, é possível que os ladrões tenham colocado a pintura no nicho para recuperá-la mais tarde, mas devido ao alvoroço causado que faziam dela um quadro difícil de ser vendido, eles a abandonaram lá.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sobre Vidas: a luta das trabalhadoras domésticas
DP Auto: Teste drive com HB20
On trend: Moda, imagem e identidade
Resenha DP Esportes: novo técnico do Sport e a rodada do Trio de Ferro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco