Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Mundo

Animais

Mulher reencontra cadela após 12 anos e a cerca de 1.600 km de distância

Publicado em: 14/10/2019 18:21 | Atualizado em: 14/10/2019 18:38

A cadelinha foi vista pela última vez em fevereiro de 2007, quando o animal, então com dois anos, fugiu de casa, em Orlando - Foto: Reprodução/CBS.
"Senti sua falta! Onde você esteve?"

Assim, Katheryn Strang reagiu ao reencontrar sua cadela Dutchess, na última sexta (11), em um abrigo em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Elas tinham se visto pela última vez em fevereiro de 2007, quando o animal, então com dois anos, fugiu de casa, em Orlando.

Agora, 12 anos depois, Dutchess voltou para a família graças a um microchip. O rastreamento levou à tutora, que agora mora em Boca Raton, mas nunca deixou de pagar a taxa anual do equipamento, na esperança de encontrar a cadela.

A fox terrier estava a cerca de 1.600 km do local de onde desapareceu. Não se sabe como ela foi parar tão longe.

Foi encontrada por um homem em um galpão e levada a um abrigo. Estava com fome e unhas grandes, segundo a imprensa local.

Quando recebeu a ligação do Humane Animal Rescue, Katheryn até duvidou que Dutchess estaria de volta. Mas não hesitou e partiu ao seu encontro.

O momento foi publicado em rede social pela ONG. Katheryn, ao pegar a cadela no colo, não deixou de observar que Dutchess agora tem a carinha praticamente toda branca.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: artistas que trabalham com barro
Sobe, Lia, sobe.
João Alberto entrevista Larissa Lins
Como se preparar para as provas do SSA 3 da UPE
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco