Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Mundo

Descriminalização

Irlanda do Norte legaliza aborto e casamento entre pessoas do mesmo sexo

Por: AFP

Publicado em: 21/10/2019 20:35 | Atualizado em: 21/10/2019 22:00

 (Foto: PAUL FAITH / AFP.)
Foto: PAUL FAITH / AFP.
O aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo foram legalizados nesta terça-feira na Irlanda do Norte por decisão do Parlamento britânico, apesar de uma última tentativa simbólica da oposição, lançada por deputados da Assembleia regional norte-irlandesa.

Ao contrário do resto do Reino Unido, onde o aborto é autorizado desde 1967, na Irlanda é ilegal, exceto no caso da gravidez ameaçar a vida da mãe. O casamento entre pessoas do mesmo sexo também era proibido.

Sem Executivo regional desde 2017, por conta de um escândalo político-financeiro, os temas cotidianos da Irlanda do Norte são geridos de Londres.

Por conta desta situação, em julho passado, os deputados britânicos aprovaram emendas para estender à província o direito ao aborto e ao casamento homossexual se não se formasse um governo até 21 de outubro. Como isso não aconteceu, entraram em vigor a partir do primeiro minuto desta terça-feira (20H00 de segunda-feira em Brasília).

Os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo serão realizados "o mais tardar" durante "a Semana dos Namorados de 2020", de acordo com o secretário de Estado da Irlanda do Norte, Julian Smith.

Hoje é "o dia em que nos despedimos das leis opressivas do aborto que controlaram nossos corpos e nos rejeitaram o direito de decidir", comemorou no Twitter Grainne Teggart, encarregada desta campanha na Anistia Internacional na Irlanda do Norte.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Qual a importância da robótica para a educação?
Majé Molê: um quilombo urbano na comunidade de Peixinhos
Creche na Ilha de Deus, uma promessa de doze anos
Entenda os riscos da escoliose para saúde
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco