ataque Teerã: novas sanções dos EUA atingem civis iranianos

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 18/09/2019 15:12 Atualizado em:

Foto: Reprodução / Pixabay
Foto: Reprodução / Pixabay
O chefe da diplomacia iraniana, Mohamad Javad Zarif, acusou Washington nesta quarta-feira de "atacar deliberadamente" civis iranianos, ao reforçar suas sanções contra Teerã, uma decisão tomada pelos Estados Unidos após os recentes ataques à Arábia Saudita. 

Os Estados Unidos "atentam deliberadamente civis comuns", tuitou Zarif, que chamou as medidas de "ilegais" e "desumanas".

O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta um endurecimento substancial de suas sanções contra o Irã, após ataques às instalações petrolíferas sauditas que Washington atribui a Teerã.

"Acabei de ordenar ao secretário do Tesouro que reforce substancialmente as sanções contra o Estado iraniano!", escreveu o presidente dos Estados Unidos no Twitter.

Desde maio de 2018, após a retirada unilateral de um acordo internacional de 2015 com o objetivo de restringir a indústria nuclear iraniana para fins civis, Trump tenta conter o poder de Teerã na região por meio de uma campanha de "pressão máxima" de sanções econômicas.

Em uma mensagem enviada a Washington, o Irã negou quarta-feira que tenha tido qualquer envolvimento nos ataques que reduziram pela metade a produção de petróleo saudita e inicialmente elevaram os preços desta commodity. 

Embora o ataque tenha sido reivindicado pelos rebeldes huthis, os Estados Unidos estão certos de que o Irã está por trás do ataque.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.