Washington Rússia acusa os EUA de negar vistos a delegados da ONU

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 24/09/2019 09:53 Atualizado em:

Dmitry Peskov, porta-voz do presidente Vladimir Putin. Foto: Alexei Nikolskiy/AFP
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente Vladimir Putin. Foto: Alexei Nikolskiy/AFP
O Kremlin acusou Washington nesta terça-feira de violar suas obrigações internacionais ao negar vistos a uma delegação russa que deve comparecer à Assembleia Geral da ONU e ameaçou adotar "ações severas" em resposta.

"É uma situação preocupante e isso não é aceitável", disse o porta-voz do presidente Vladimir Putin, Dmitry Peskov.

"É uma violação direta das obrigações internacionais de Washington".

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, disse em uma rede social nesta terça-feira que "vários membros da delegação oficial russa" não receberam o visto americano.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia convocou o vice-chefe da missão dos EUA em Moscou e entregou a ele uma nota de protesto, informou a imprensa russa.

A embaixada dos EUA em Moscou não comentou no momento.

As relações entre Moscou e Washington estão em seu nível mais baixo desde o final da Guerra Fria, devido a acusações sobre suposta interferência russa nas eleições presidenciais de 2016 nos EUA.

Embora Putin e o presidente americano Donald Trump tenham tentado aliviar a tensão, as relações bilaterais continuam complicadas.

Oficiais do governo Trump criticam regularmente Moscou por certas práticas e violações de direitos internacionais, especialmente na Ucrânia e na Síria.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.