Paridade Nova Comissão Europeia terá 13 mulheres e 14 homens

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 10/09/2019 09:52 Atualizado em:

Frederick Florin/AFP
Frederick Florin/AFP
A nova Comissão Europeia estará próxima da paridade, com 13 mulheres e 14 homens, segundo uma lista aprovada por sua futura presidente, a alemã Ursula von der Leyen, e divulgada na última segunda-feira

Nesta terça-feira, Ursula von der Leyen deverá revelar quais pastas serão atribuídas aos 26 membros de sua equipe, que representam cada um dos países da União Europeia (menos o Reino Unido, que deve deixar o bloco no final de outubro).

Primeira mulher presidente da Comissão Europeia, esta ex-ministra da Defesa da chanceler alemã Angela Merkel estabeleceu o objetivo de alcançar a paridade em sua nova equipe.

Está se saindo muito melhor que seu antecessor, Jean-Claude Juncker, do Luxemburgo, que tinha a mesma ambição, mas obteve dos Estados membros apenas nove candidatas contra 19 homens.

O Parlamento Europeu deve auditar entre 30 de setembro e 8 de outubro todos os membros da nova equipe. 

O processo terminará com a votação de posse  do novo executivo em 22 de outubro, durante sessão plenária em Estrasburgo (França), antes da nova Comissão tomar posse em 1º de novembro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.