Somália Islamitas atacam base dos EUA e comboio da UE na Somália

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 30/09/2019 11:14 Atualizado em:

Abdirazak Hussein Farah/AFP
Abdirazak Hussein Farah/AFP
O grupo islamita radical Al Shabab executou nesta segunda-feira (30) na Somália dois ataques separados, um contra uma base aérea dos Estados Unidos, a 100 km de Mogadíscio, e outro contra um comboio militar da União Europeia (UE), informaram testemunhas e uma fonte das forças de segurança.

Duas fortes explosões foram ouvidas na base de Baledogle, onde conselheiros americanos treinam unidades do exército somali e também onde se encontra uma pista de decolagem de drones militares. Pouco depois aconteceram tiroteios.

"Aconteceram duas fortes explosões, a primeira mais forte. Muitos tiros foram disparados depois das explosões, mas não temos detalhes do que acontece", declarou à AFP Mohamed Adan, um morador da região.

Os insurgentes islamitas Al Shabab, vinculados à Al-Qaeda, reivindicaram o ataque. 

"Esta manhã, uma unidade de elite da brigada dos mártires Al Shabab executou um ataque corajoso contra o aeroporto militar americano de Baledogle. Depois de superar o perímetro de segurança da base, sob fortes medidas de segurança, os mujahedines atacaram o complexo militar e combateram ferozmente os cruzados", afirmam os insurgentes em um comunicado.

Na capital Mogadíscio, um carro-bomba avançou contra um comboio no qual viajavam conselheiros militares italianos da Missão de Formação da União Europeia da União Europeia na Somália (EUTM-S), responsável por formar militares somalis.

"Uma carro-bomba tinha como alvo conselheiros militares da UE. Um veículo carregado de explosivos avançou contra o comboio de veículos e provocou vítimas", afirmou à AFP Omar Abikar, um dos comandantes das forças de segurança.

A EUTM-S confirmou em um comunicado que um de seus comboios, que retornava de uma atividade em Vila Gashandigha, onde ficam o ministério da Defesa e as principais sedes do exército somali, foi atingido em Mogadíscio".

"Nenhum soldado da EUTM-S foi atingido pela explosão, mas dois veículos foram danificados", afirma a nota.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.