Assédio 'Coach de namoro' acaba sendo preso por ensinar a assediar mulheres no Youtube

Publicado em: 25/09/2019 22:08 Atualizado em:

Após cerca de oito meses de investigação, assediador é condenado - Foto: Reprodução/Youtube.
Após cerca de oito meses de investigação, assediador é condenado - Foto: Reprodução/Youtube.
Adnan Ahmed, conhecido como Addy A-game, filmava secretamente suas abordagens a mulheres estranhas e as publicava no Youtube. Também faz papel de um conselheiro e ensina a acabar com a "resistência de última hora" ao sexo.

O youtuber de Glasgow, na Escócia, está incluso em uma rede global de 'artistas' de uma indústria milionária na qual homens ensinam outros homens a prática do assédio.

Entretanto, só ficou conhecido após um documentário da BBC, que fez com que suas atividades saíssem de seu nicho de telespectadores e atingissem uma escala global.Em janeiro, a primeira-ministra da Escócia assistiu ao filme e comentou que estava "totalmente enojada". Outras mulheres assistiram e compartilharam as imagens, muitas que foram, inclusive, abordadas por Adnan.

Adnan se considera "coach de namoro e estilo de vida" e declarou que tudo que fez teve propósito educativo. Com tudo, houve mais de uma denúncia contra o youtuber a polícia, o que gerou críticas às autoridades escocesas. "Quem fez a denúncia deve ser elogiado por persistir. A polícia poderia e deveria ter agido antes. Quando agiu, fez isso bem. Mas há lições a serem aprendidas sobre como reagir mais rapidamente quando há um comportamento claramente predatório é relatado.", disse Sandy Brindley, diretora-executiva da Rape Crisis Scotland, organização sem fins lucrativos dedicada a combater a violência sexual, também critica a resposta da polícia.

Ahmed foi condenado nesta quarta-feira (25), após uma investigação, que segunda a polícia, começou em janeiro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.