Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

SATÉLITE

Queimadas na Floresta Amazônica podem ser vistas do espaço, mostra Nasa

Publicado em: 22/08/2019 10:43 | Atualizado em: 22/08/2019 10:59

Foto: Agência Nasa/Reprodução
As fortes queimadas que atingem a Floresta Amazônica desde o mês de julho podem ser vistas do espaço, de acordo com fotos do salétie Aqua, da Nasa. No Twitter, a agência espacial americana alerta que o número de queimadas no Brasil pode ser o recorde. 

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre janeiro e agosto deste ano, as queimadas aumentaram 83% em relação ao mesmo período do ano passado - o que representa o maior número registrado nos últimos sete anos, com 72.843 pontos de incêndios. 

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que as ONGs eram suspeitas de estarem por trás do crime ambiental na Floresta Amazônica. 'É, no meu entender, um indício fortíssimo que esse pessoal da ONG perdeu a teta deles. É simples', reagiu. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, segue a mesma linha do presidente. Denunciado por ser omisso, ele falou que teria disponibilizado equipes para acompanhar os incêndios. No entanto, chamou o alerta mundial de 'sencionalismo irresponsável'. 

Respondendo aos ataques sem provas do presidente, a coordenação do Observatório do Clima, coalizão de cerca de 50 ONGs do País em prol de ações contra as mudanças climáticas,  disse que o "recorde de queimadas reflete irresponsabilidade de Bolsonaro". Em outra carta, um grupo de 81 ONGs afirmou que "Bolsonaro não precisa de ONGs para queimar a imagem do Brasil no mundo inteiro".



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o cardiologista Marco Antônio Alves
Consumo de carne de cachorro sob reavaliação na Coreia do Sul
Manhã na clube: entrevistas com Mendonça Filho (DEM), Vitor Moura e Jailson Silva
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Grupo Diario de Pernambuco