Queda Moeda argentina despenca 14% após primárias adversas a Macri

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 12/08/2019 10:42 Atualizado em:

Arquivo/AFP
Arquivo/AFP
O peso argentino despencou 14% em relação ao dólar na abertura do mercado de câmbio nesta segunda-feira, em reação às primárias em que o peronista de centro-esquerda Alberto Fernández obteve ampla vantagem sobre o presidente liberal Mauricio Macri para as eleições gerais de outubro.

Em um dia de nervosismo nos mercados, a moeda foi negociada a 53 pesos na abertura das casas de câmbio, 14% acima do fechamento da sexta-feira, quando foi cotada a 46,55.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.