Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Mundo

Volkswagen

Ferdinand Piech, engenheiro que desenvolveu o Fusca, morre aos 82 anos

Por: FolhaPress

Publicado em: 26/08/2019 21:54

Foto: Reprodução/Internet
Ferdinand Piech, magnata da indústria automotiva, ex-presidente do conselho da Volswagen  por duas décadas e neto de Ferdinand Porsche, engenheiro que desenvolveu o Fusca, morreu aos 82 anos.
Engenheiro, Piech foi presidente do conselho executivo do grupo Volkswagen de 1993 a 2002 e do conselho de supervisão do grupo de 2002 a 2015. Foi um dos grandes responsáveis pela expansão internacional e modernização do grupo. 

Austríaco de Viena, Piech começou sua carreira na Porsche, em Stuttgart, foi para a Audi, em Ingolstadt, onde virou um notável líder de tecnologia, e depois para a Volkswagen. "A vida de Ferdinand Piech's foi marcada pela sua paixão pelo automobilismo e pelos trabalhadores", escreveu sua mulher em comunicado, segundo o The Wall Street Journal. "Até o fim ele era um engenheiro apaixonado e um amante dos automóveis", acrescenta. O bilionário morreu em Rosenheim, cidade da Bavária.

Piech era filho de Louise Porsche, filha mais velha de Ferdinand Porsche, e de Anton Piech, responsável pelas finanças da família e gerente na Volkswagen. Em 2015, Piech foi forçado a sair da empresa, depois de, sem sucesso, tentar destronar Martin Winterkorn, presidente da montadora na época. Sem influência na Volkswagen, ele vendeu suas ações e se retirou dos negócios.

Meses depois, Winterkorn renunciou. A empresa foi alvo de autoridades americanas que acusaram um esquema fraudulento de manipulação de veículos movidos a diesel para burlar testes de emissões.
Ele não foi diretamente ligado ao escândalo, mas analistas frequentemente citam a cultura do medo que ele cultivou na companhia, diz o The Wall Street Journal.

Em seu mandato na Volkswagen, Piech colocou os luxuosos Bugatti e Lamborghini ao portfólio de marcas estáveis da empresa. Ele frustrou uma tentativa de seu primo, Wolfgang Porsche, de usar a forte avaliação da Porsche na época para assumir a maior parte da Volkswagen.
No fim, a Porsche foi absorvida pela Volkswagen e o clã Porsche-Piech tornou-se controlador do conglomerado automobilístico hoje formado por Volkswagen, Audi, Porsche, Seat, Skoda, Bentley, Bugatti e Lamborghini. Piech teve 12 filhos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sobre Vidas: Nivia e o empoderamento de mulheres no Coque
DP Auto na Tóquio Motor Show - Tudo sobre a Nissan
Sérum, pele natural, sombras coloridas e blush cremoso
Lula: sou um homem melhor do que aquele que entrou na cadeia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco