Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PROIBIÇÃO

Tanzânia se torna 34º país africano a proibir sacolas de plástico

Publicado em: 31/05/2019 14:07

Foto: Boris Horvat/AFP

A proibição de usar e produzir sacolas de plástico entrará em vigor no sábado (1º) na Tanzânia, 34º país africano a aplicar este tipo de medidas para lutar contra a poluição no continente.

 

A Tanzânia decidiu proibir a importação, a produção, a venda e o uso de sacolas de plástico. Segundo o Programa das Nações Unidas para o meio ambiente, o país se soma a outras 33 nações africanas que já adotaram este tipo de norma.

 

As autoridades da Tanzânia também aplicam a medida aos turistas, especificando que estes deverão "se desfazer de suas sacolas de plástico" antes de entrar no país.

 

Em todo o mundo, 127 países têm uma legislação que regula de uma ou outra forma o uso de sacolas de plástico, segundo as Nações Unidas. Entre eles, 91 países - 34 deles na África e 29 na Europa - proíbem ou limitam a produção, importação ou distribuição comercial dessas sacolas.

 

Cerca de 300 toneladas de plástico são produzidas anualmente no mundo. Há cerca de cinco trilhões de sacolas de plástico flutuando nos oceanos, estimam os cientistas.

 

Em março, o Parlamento europeu confirmou o fim dos produtos plásticos de uso único na União Europeia a partir de 2021. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
OMS alerta que talvez não haja solução para pandemia
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Aumenta tensão entre o STF e o Facebook por conta de ordem de exclusão de perfis
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco