Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

SAÚDE

Médicos interrompem atendimento de francês em estado vegetativo envolvido em batalha legal

Por: AFP

Publicado em: 20/05/2019 09:24 | Atualizado em: 20/05/2019 12:36

Foto: Arquivo pessoal/AFP
A interrupção dos cuidados médicos ao francês Vincent Lambert, um paciente em estado vegetativo há mais de 10 anos, começou nesta segunda-feira no Hospital Universitário de Reims (norte da França), informaram o advogado dos pais e uma fonte familiar.

O caso de Vincent Lambert dividiu sua própria família e provocou um amplo debate na França, inclusive com implicações políticas poucos dias antes das eleições europeias.

Lambert sofreu um acidente de trânsito em 2008, quando tinha 32 anos, e os médicos verificaram que os danos cerebrais eram irreversíveis. O caso provocou a retomada do debate sobre o fim da vida.
 
Os pais de Lambert se opõem veementemente a encerrar a vida de seu filho e recorreram contra todas as decisões judiciais de interrupção dos cuidados médicos. No sábado eles enviaram uma carta ao presidente Emmanuel Macron e pediram sua intervenção.

Os médicos decidiram finalmente suspender os cuidados a partir desta segunda-feira, após a última decisão do Conselho de Estado francês.

A esposa de Lambert, Rachel, cinco de seus irmãos e um sobrinho apoiaram as decisões da justiça para interromper o atendimento. Eles denunciaram uma "crueldade terapêutica".

"É uma vergonha, um escândalo absoluto, nem sequer puderam beijar seu filho", disse o advogado dos pais de Lambert, Jean Paillot.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
Rhaldney Santos entrevista a pré-candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes
A nova cara da Conde da Boa Vista, velha conhecida dos recifenses
Resumo da semana: articulação para eleições de 2022, vacina em janeiro e retorno das aulas adiado
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco