crise na venezuela Guaidó indica que manterá ajuda humanitária para a Venezuela

Publicado em: 25/02/2019 08:29 Atualizado em:

Foto: YURI CORTEZ / AFP
Foto: YURI CORTEZ / AFP
O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participa hoje (25) da reunião do Grupo de Lima, em Bogotá (Colômbia), cujo tema único é a busca por soluções para o agravamento da crise venezuelana. Determinado a fazer chegar ajuda humanitária ao país, Guaidó indicou que não pretende abrir mão de seu objetivo.

“A Venezuela tem  um povo que resiste e insiste em buscar a democracia e a liberdade", afirmou Guaidó ao chegar à capital colombiana. "[Anteontem] vimos um crime sem precedentes: queimaram ajuda humanitária vinda de muitas partes do mundo, que generosamente a Colômbia reuniu e foi entregue a voluntários venezuelanos."

Guaidó disse que planeja uma reunião com o vice-presidente dos Estados Unidos. Mike Pence. Ele agradeceu ao presidente colombiano, Iván Duque, por sua "liderança determinada" na região em favor da democracia, da Constituição e da paz na região.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.