Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

EXAMES

Unidades de saúde com atendimento especial e online

Publicado em: 24/03/2020 15:49

O Grupo Boris Berenstein, por exemplo, faz exames emergenciais apenas na unidade do Derby. Para os demais casos, agendas canceladas. IOR conta com teleatendimento. (Foto: Reprodução / Internet)
O Grupo Boris Berenstein, por exemplo, faz exames emergenciais apenas na unidade do Derby. Para os demais casos, agendas canceladas. IOR conta com teleatendimento. (Foto: Reprodução / Internet)
As unidades de saúde estão procurando adaptar-se à mudança de rotina em virtude da pandemia da Covid-19. Alguns paralisam atendimentos temporários e fazem apenas em caráter emergencial enquanto outros apostam no teleatendimento.

O Grupo Boris Berenstein Medicina Diagnóstica encerrou temporariamente as agendas de exames eletivos e a continuidade do atendimento acontece apenas para os casos de pacientes com demanda emergencial. Para essas situações, os exames estão sendo feitos exclusivamente na unidade do Derby. A marcação online dos exames também está suspensa, visto que, a triagem com os pacientes emergenciais está sendo realizada por meio dos contatos por telefone. O quadro de funcionários também está reduzido ao mínimo para atender essa demanda. A previsão de abertura da agenda de exames é a partir do dia 5 de abril. 

O presidente do Grupo, o médico Boris Berenstein, orienta ainda que pessoas com mais de 65 anos de idade que tenham apenas exames de rotina, aguardem um pouco mais até que a situação seja normalizada para realizá-los. “É preciso que tenhamos muita cautela nesse momento tão delicado que estamos vivenciando. As medidas que estamos tomando são uma questão de responsabilidade social”, enfatiza Berenstein.

Já o Instituto de Olhos do Recife disponibiliza teleatendimento remoto para pacientes durante o isolamento social. “O atendimento remoto já está disponível para pacientes que constam no nosso prontuário eletrônico. Ou seja, é válido para aqueles que já foram atendidos pela nossa equipe médica”, explica o Diretor Médico do IOR, Durval Valença Filho. É indispensável que o oftalmologista tenha uma relação com o paciente e conhecimento prévio sobre o caso em questão. “Por conta disso, não estamos oferecendo o serviço para quem quiser ser atendido pela primeira vez”, esclarece Durval Filho. 

Aprovado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), o sistema é simples de ser utilizado. O paciente recebe um email do IOR, avisando sobre a possibilidade de atendimento remoto. Para marcar sua teleconsulta, basta abrir o link recebido ou ligar para a central de atendimento do IOR no (81) 2122-5000.  Na data e horário agendados com o oftalmologista da sua preferência, o paciente receberá instruções por email e  SMS para o início do atendimento. “Basta clicar no link que enviaremos, concordar com o termo de consentimento do teleatendimento, e iniciar a consulta via videoconferência”, explica o doutor Durval Filho. 

Para acessar o teleatendimento do IOR, o usuário só precisa ter acesso à internet. “A consulta pode ser feita pelo celular, que deve ter câmera frontal e microfone. Se for pelo computador, o paciente também deve dispor desses equipamentos”, orienta o oftalmologista.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Moro: Lula e Bolsonaro são extremos a serem evitados
08/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Notícias do dia: Bolsonaro doente e sem máscara, futebol vetado e inscrição para testar vacina
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para a Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco