Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

FISCALIZAÇÃO

Receita Federal agiliza liberação de equipamentos médicos usados no combate ao coronavírus

Publicado em: 27/03/2020 11:02

 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Realizando um procedimento padrão de fiscalização a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) impediu a atracação de um navio de longo curso no Porto de Suape devido à presença de um tripulante com suspeita de coronavirus. A adoção de procedimentos específicos de segurança, como o isolamento deste tripulante e dos que tiveram contato com ele, resultou no atraso do fluxo normal de atracação e desembarque dos contêineres.

No dia 23 de março, a empresa encarregada da logística e despacho da mercadoria comunicou a Alfândega do Recife sobre a importação de respiradores mecânicos e outros equipamentos ligados ao combate do coronavírus, que estavam no navio. Entre a lista de equipamentos estavam ventiladores/respiradores, desfibriladores, vaporizadores, aparelhos de anestesia, monitores multiparametricos de sinais vitais e um aparelho de eletrocardiograma.

Devido a importância da carga, a Receita Federal contatou o Terminal de Contêiners (Tecon) do Porto de Suape solicitando que fosse concedida a presença de carga dos equipamentos assim que eles fossem descarregados, o que aconteceu no dia 26 de março. A Declaração de Importação (DI) foi registrada, parametrizada para o canal verde e liberada em seguida.

O sócio da empresa SAFE Suporte a Vida, André Camello, responsável pela importação  dos equipamentos médicos, parabenizou o trabalho realizado pela Receita Federal. "Temos 13 anos  de mercado e foi a primeira vez que conseguimos fazer um carregamento imediatamente  após  atracação. Agradecemos imensamente os servidores da Receita Federal, que, compreendendo o senso de urgência nesta causa, agiram prontamente,  cumprindo o seu papel de autoridade aduaneira com grande presteza e eficiência. Desse modo, foi possível articular uma operação de entrega  para  os  hospitais  em  pouco  tempo após  o  desembarque", concluiu.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Victor Assis (PCO)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #177 - Peixeis ósseos e cartilaginosos
Rhaldney Santos entrevista Dr. Luiz Carlos Santos
Rhaldney Santos entrevista Dra. Rebecca Spinelli
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco