Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

NEGÓCIOS

Encontro de executivos aborda como empreender em tempos de pandemia

Publicado em: 31/03/2020 16:32

 (Foto: Arquivo / ABr)
Foto: Arquivo / ABr

Na manhã desta terça-feira (31), a Be Academy BR, empresa de educação à distância para negócios, promoveu um encontro de executivos online para discutir gestão de negócios em tempos de isolamento social. Segundo a Be Academy, a reunião remota faz parte de uma maratona de lives do Congresso Resilientes Summit. O evento é transmitindo pelo instagram e pelo Youtube e vai até o dia 23 de abril, com a participação de executivos do Brasil e estrangeiros.

 

Professor de Finanças Corporativas e Mentor de Negócios, o pernambucano Aloísio Sotero, participou do encontro. Para ele, qualquer negócio, desde o mais simples, como os ambulantes informais e prestadores de serviço a domicílio, ao mais complexo, todos têm em sua essência o lucro. “Essa é a máxima. Todos trabalham para ganhar, mesmo as ONGs têm que otimizar e prestar contas aos seus investidores. Em linha geral, o mundo dos negócios se move pelo lucro ", explicou Sotero.

 

De acordo com o professor pernambucano, os gestores financeiros devem se preparar para trabalhar mais durante o período. “A palavra chave agora é sobreviver e aproveitar a oportunidade para conhecer melhor o seu negócio; carteira de clientes e sua recorrência de compras. Na gestão do caixa , como entra e sai os recursos financeiros e como o seu negócio pode crescer “, reforçou.

 

Para Sotero, o mais importante, neste momento, “é fazer a  gestão de liquidez e crédito. Encontrar oportunidades na crise, negociando o que for possível. Ganhar prazos”. Para o acadêmico, nenhum contrato nesta crise "pode ser considerado sagrado", pois é um problema que atinge a todos, pessoas, negócios e países. 

O professor afirmou que para as grandes empresas, o tempo de sobrevivência deve ser maior.  Os médios e pequenos negócios devem ter a situação agravada se o empreendedor não estiver com seu caixa em dia.

 

“Se as vendas pararam, não entra dinheiro, o que fazer? Redesenhar a luz de seu caixa, priorizando o que é importante naquele momento manter seu negócio vivo. Dar capacidade de liquidez e ter criatividade acima de tudo. Buscar colaboração e apoio em linhas de créditos, mas, sobretudo tentar negociar com fornecedores, colaboradores. Repito que a hora é de colaboração. De solidariedade”, avaliou Sotero. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #181 - Tiops de rins dos vertebrados
Rhaldney Santos entrevista Dr. Felipe Dubourcq, urologista
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco