PREVIDÊNCIA Senado derruba destaque que retirava de reforma mudanças em pensão por morte

Por: AE

Publicado em: 02/10/2019 15:19 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O Senado rejeitou mais uma tentativa de desidratar a reforma da Previdência. O plenário derrubou um destaque apresentado pelo PT sobre a pensão por morte. A votação desses itens é necessária para concluir o primeiro turno da proposta na Casa.

A bancada tentava retirar da reforma as mudanças nas regras para pensão por morte, que calcula 50% do valor da aposentadoria mais dez pontos porcentuais por dependente. Se o destaque fosse aceito, o impacto no ajuste fiscal da reforma em dez anos seria de R$ 106,8 bilhões. O governo conseguiu derrubar a tentativa por 57 votos a 16.

O Senado ainda precisa se debruçar sobre duas tentativas de desidratação: o pedido de retirada da idade mínima para aposentadoria especial de trabalhadores expostos a agentes nocivos e a tentativa de acabar com as regras de transição que incluem o pagamento de pedágio para servidores. Os dois destaquem somam uma desidratação de R$ 139,3 bilhões em dez anos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.