AMAZON Famosa assistente de voz, Alexa chega ao Brasil adaptada para o português

Por: Kauê Diniz

Publicado em: 03/10/2019 08:40 Atualizado em: 03/10/2019 09:15

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Com ações agressivas para conquistar o público brasileiro, a Amazon lança mão de mais uma aposta que, se cair no gosto da população, tem chances de se transformar em essencial nos lares do país. Ontem, em uma coletiva via internet com alguns veículos de comunicação, a empresa anunciou que a Alexa, a inteligência artifical criada pela Amazon, chega ao Brasil, falando em português, e trazendo consigo três dispositivos com essa tecnologia embarcada: Amazon Echo, Echo Dot e Echo Show 5. Cada um deles tem um aspecto potencial (ver quadro ao lado) que a Amazon acredita, apesar de não dimensionar em números, disseminar sua atuação no país.

A Alexa é a grande protagonista, que terá o papel de interagir com os clientes que adquirirem os produtos e apresentar soluções para o dia a dia deles. A ideia é que, a cada pergunta, a Alexa dê a resposta exata para a pessoa. E não para por aí, essa voz vem carregada de características próprias da região na qual o consumidor reside. “Desde o final do ano passado, estamos em treinamento. Escolhemos algumas pessoas que passaram a conviver em casa com a Alexa, para ela ententer os hábitos dessas pessoas, independentemente de onde estão, ou seja, o sotaque dela vai ser de acordo com a pessoa que estiver no Recife e em Porto Alegre. Nesse processo, fomos colhendo informações e melhorando ela”, destaca Ricardo Garrido, gerente-geral para Alexa no Brasil.

Garrido destacou que, nesse “aprendizado” a personalidade da Alexa terminou gan ha ndo padrões diferentes no Brasil e m r e l a ç ã o a outros países. “Criamos uma personalidade ma is informal. Diferentemente de países como Japão e França, que o público deseja mais formalidade. No nosso, a Alexa conta piada, responde a você sobre quem matou Odete Roitman (personagem da novela Vale Tudo, dos anos 1980), como acabou Caverna do Dragão (desenho tradicional dos anos 1990), completa letras de música após você cantar e diz quem é o cantor. Ela canta, com empolgação, até o hino dos clubes de Pernambuco: Sport, Santa Cruz e Náutico. A s pessoas vão achar muito divertido”, disse R icardo Garrido.Michele Butti, diretor internacional de Alexa, enalteceu também o lado intuitivo da inteligência artificial, que será um reforço na transformação das residências em espaços inteligentes. “A inteligência artificial está cada vez mais pró-ativa e com intuição.Se você apaga as luzes de casa todos os dias em um certo horário e, em um determinado dia você não faz, ela vai te perguntar se deseja desligar. Como também se a pessoa deixar a porta de casa aberta, Alexa vai detectar e avisá-la”, explicou Butti.As vendas de dois dos três dispositivos, alimentados pelo celébro da Alexa, começam a ser vendidos a partir de hoje no site amazon.com.br/echo, com desconto no pré-venda do Echo Dot e Echo Show 5, com entrega na casa dos clientes até o dia 7 de outubro.

Equipamentos

Amazon Echo, Echo Dot e Echo Show 5 são caixas de som controladas por voz projetadas inteiramente para o áudio, sem necessidade de toque para ativação

Amazon Echo

A terceira geração foi ajustada para apresentar vozes nítidas com retorno dinâmico de graves. O Echo apresenta áudio omnidirecional de 360° com grave forte, além de médios e agudos claros. Pode transmitir música a partir de serviços populares como Spotify, Deezer e Amazon Music, assim como rádio da CBN, Rádio Globo e outras no TuneIn, e também é habilitado para Bluetooth, para escutar músicas no celular ou tablet Preço: R$ 699

Saiba mais

Os lançamentos de Alexa, serviço de voz baseada na nuvem, e Echo no Brasil são parte da expansão e dos investimentos da Amazon no Brasil, seguindo os lançamentos do Amazon Prime e Amazon Music, lançados no Brasil no mês passado. Os dispositivos Echo usam um software embutido para detectar a palavra de ativação para despertar Alexa. Quando o Echo detecta o comando, o anel de luz do dispositivo fica azul e começa a transmitir o pedido para a nuvem, onde a Alexa processa o pedido. Todos os dispositivos incluem uma série de microfones embutidos que utilizam tecnologia “beam-forming” para filtrar a direção da voz de comando, de modo que possam ouvir claramente quando você chamar a Alexa, mesmo do outro lado de um cômodo. Essa tecnologia combina o sinal dos microfones individuais para suprimir ruídos.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.