REFORMA Bezerra: governo calcula de 56 a 60 votos pela Previdência no plenário do Senado

Por: AE

Publicado em: 01/10/2019 16:05 Atualizado em:

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
O governo calcula ter entre 56 e 60 votos para aprovar a reforma da Previdência em primeiro turno no plenário do Senado. A votação deve ocorrer ainda nesta terça-feira, 1. Para dar aval ao texto, são necessários 49 votos entre os 81 senadores. A preocupação, por outro lado, é com o segundo turno da proposta, já que parlamentares ameaçam parar a tramitação à espera de propostas que repassam recursos para Estados e municípios.

"O placar é sempre o mesmo. No texto, principal, entre 56 e 60 votos. Agora, cada destaque (tentativas de alteração) vamos ter que trabalhar", disse o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). "Vamos encerrar o primeiro turno e tem muito trabalho a ser feito daqui pela frente", afirmou, quando questionado se o segundo turno estaria garantido para a semana que vem.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.