ENERGIA SOLAR SENAI oferecerá novos cursos na área de energia solar fotovoltaica

Publicado em: 05/09/2019 18:18 Atualizado em: 05/09/2019 18:22

Escola foi contemplada em chamada pública. Capacitações serão oferecidas a partir de 2020. Foto: Divulgação
Escola foi contemplada em chamada pública. Capacitações serão oferecidas a partir de 2020. Foto: Divulgação
O SENAI Areias oferecerá, a partir de 2020, novas capacitações na área de energia solar. Contemplada na chamada pública de Implementação de Ensino Profissional na área de Energia Solar Fotovoltaica, a instituição receberá equipamentos e licenças de softwares para o ensino, além de qualificações para seu corpo docente. A previsão é que já no primeiro semestre do próximo ano seja ofertado o curso de aperfeiçoamento em Projetos Fotovoltaicos para Sistemas de Geração Distribuída. Outras três capacitações, direcionadas para os segmentos de instalações mecânicas, manutenção e projetos de sistemas de energia solar fotovoltaica, também devem ser iniciadas em 2020.

A chamada pública, lançada no último mês de junho, é fruto de uma parceria entre o Departamento Nacional do SENAI, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Ministério de Minas e Energia (MME) e a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), por meio da iniciativa Profissionais para Energias do Futuro. A ideia é atender a demanda crescente do mercado por profissionais qualificados em energia fotovoltaica, uma vez que, somente neste ano, a geração distribuída de energia solar duplicou de tamanho, atingindo 100 mil sistemas instalados até o último mês de junho, segundo dados da ABSOLAR. A expectativa é de que o setor gere 15 mil novos postos de emprego até o fim do ano. Ao todo, dez escolas do SENAI foram contempladas pela iniciativa em todo o País.

Em Pernambuco, a Escola Técnica SENAI Areias foi a primeira a ofertar qualificações na área de Energias Renováveis com foco em Sistemas Fotovoltaicos. Desde 2015, a instituição de ensino já oferece o curso de aperfeiçoamento em Sistemas de Energia Fotovoltaica: Conceitos e Aplicações e, até agora, mais de 1,8 mil alunos já foram formados, incluindo profissionais que já atuam na área e aqueles que estão interessados em entrar no mercado. “Pernambuco está se desenvolvendo em um ritmo mais acelerado do que o restante do País na área de energia solar. Estamos experimentando um crescimento exponencial e precisamos de mais profissionais capacitados para atender a esse mercado”, explica a gerente de Educação do SENAI Pernambuco, Carla Abigail.

 
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.