PREVENÇÃO Delegado da PF vai combater fraudes no INSS

Por: Agência Estado

Publicado em: 27/09/2019 07:26 Atualizado em:

Arquivo/Agência Brasil
Arquivo/Agência Brasil
Responsável pelo pagamento todos os meses de R$ 49 bilhões em benefícios para 35 milhões de brasileiros, o INSS tem agora um "xerife" para cuidar da prevenção e combate aos riscos de fraudes. O delegado da Polícia Federal, Gustavo Leite, foi cedido ao INSS para comandar a nova diretoria de Integridade, Governança e Gerenciamento de Riscos da autarquia.

Com longa experiência em investigação de crimes previdenciários na PF, Leite vai chefiar um pelotão de elite especializado em alta performance na apuração da fraude. Serão cem servidores espalhados em diversos Estados que vão trabalhar somente nas apurações dos benefícios pagos de forma irregular. Esta é a primeira vez que o INSS, que recebe um milhão de requerimentos de benefícios por mês, trabalha dessa forma e a expectativa é grande do comando do órgão.

O grupo começa a trabalhar a partir do dia 1.º de outubro em regime de exclusividade por meio de teletrabalho. Ou seja, eles ficam nos seus Estados, mas terão de cumprir metas de produtividade.

Para o presidente do INSS, Renato Vieira, a formação desse grupo de elite vai permitir ganho em velocidade e qualidade no trabalho de apuração das fraudes. Segundo ele, o principal trabalho do novo diretor será reduzir os riscos de pagamentos irregulares e melhorar a interlocução com a PF, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas da União e Controladoria-Geral da União.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.