Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Destaque

CCJ rejeita emenda que mantinha cálculo da média salarial para aposentadoria

Publicado em: 04/09/2019 19:26

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado rejeitou por 16 a oito votos o terceiro destaque do PT à reforma da Previdência (emenda 491), que buscava manter o atual cálculo da média salarial para o recebimento da aposentaria. A reforma estabelece que os trabalhadores receberão 60% da média após 20 anos de contribuição, chegando a 100% apenas após 40 anos de contribuição. Esse era o último destaque de bancada ao relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

A CCJ aprovou, por 18 votos contra sete, o relatório da reforma da Previdência apresentado por Jereissati. O governo calculava ter 19 votos favoráveis na CCJ. O líder do DEM, Rodrigo Pacheco (MG), no entanto, deixou a sessão antes da votação. Os votos contrários vieram de parlamentares do PSD, REDE, PSB, PDT e PT.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Músico vence limitações do distanciamento social oferecendo shows particulares por encomenda
Destaques da semana: caso Miguel, Decotelli fora do MEC e retorno do Campeonato Pernambucano vetado
Inscrições para o Vestibular 2020.2 da Unicap vão até 15 de julho
Um mês sem Miguel : tudo que fazia era por ele, diz Mirtes
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco