Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

Declaração

'Após PEC paralela chegar na CCJ pretendo dar parecer em 48 horas', diz Tasso

Publicado em: 04/09/2019 21:00

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), demonstrou interesse em dar um andamento rápido à proposta paralela que inclui Estados e municípios nas mudanças da aposentadoria. Ele disse que pretende emitir um relatório 48 horas após o texto chegar formalmente à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para análise de mérito. 

Nesta quarta-feira (4) a CCJ deu aval para criação da PEC paralela. O texto foi remetido ao plenário. Os senadores, a partir de agora, poderão apresentar emendas à proposta, que será direcionada à CCJ. No colegiado, Jereissati emitirá um relatório e a PEC paralela será submetida à votação de mérito.

De acordo com a presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS), a PEC paralela vai tramitar com 15 dias de atraso em relação à proposta principal, cuja conclusão no Senado está prevista para 10 de outubro.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Covid-19: Taxa de isolamento social no Recife cai para 45%
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Manifestações por morte de garoto, Weintraub presta depoimento na PF e inquérito de facada arquivado
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco