Projeto Aérea de baixo custo Jetsmart quer operar também em voos domésticos no Brasil

Por: Joana Cunha - Folha Press

Por: FolhaPress - FolhaPress

Publicado em: 04/09/2019 22:18 Atualizado em:

Foto: Divulgação
 (Foto: Divulgação
)
Foto: Divulgação
A companhia aérea de baixo custo JetSmart, de origem chilena, quer operar voos domésticos no Brasil, segundo o Ministério da Infraestrutura.

No fim de agosto, a empresa recebeu autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para operar no país, informando na ocasião que a intenção era fazer rotas internacionais entre Argentina e Brasil.

Representantes da companhia se reuniram nesta quarta-feira (4) com os ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Marcelo Álvaro Antonio (Turismo) e informaram o plano de competir também no mercado doméstico, segundo o Ministério da Infraestrutura.

Ainda segundo a pasta, o presidente da empresa, Estuardo Ortiz, disse no encontro que tem planos de criar uma subsidiária brasileira para concorrer com Gol, Latam e Azul.

Outras empresas estrangeiras de baixo custo também aumentaram o interesse no Brasil desde a desregulamentação da franquia de bagagem, como a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi.

A documentação da espanhola Globalia, da Air Europa, está em tramitação na Anac para se instalar no Brasil.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.