INJECTA Grupo italiano Injecta sela chegada a Pernambuco com aquisição da Tron Soluções

Publicado em: 30/08/2019 16:41 Atualizado em: 30/08/2019 16:47

O presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, foi recebido pelo CEO da Injecta, Alberto Cavallari, e pelo diretor da Tron Sérgio. Fonseca. Foto: AD Diper/Divulgação
O presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, foi recebido pelo CEO da Injecta, Alberto Cavallari, e pelo diretor da Tron Sérgio. Fonseca. Foto: AD Diper/Divulgação
Na onda do otimismo causado pela divulgação da variação positiva de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre do ano, foi anunciada a chegada ao Estado do grupo italiano Injecta, que acaba de adquirir a empresa pernambucana Tron Soluções. Com a negociação, a expectativa é que o faturamento acumulado da companhia, nos próximos cinco anos, passe de R$ 215 milhões. Por questões de sigilo contratual, o valor da compra não foi revelado.

Para selar a aquisição, diretores da Tron e da Injecta estiveram, na última terça-feira (27), no Palácio do Campo das Princesas, onde se reuniram com o governador Paulo Câmara. Nesta quinta-feira (29), foi a vez de o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, fazer uma visita de cortesia à sede.

Segundo o CEO da Injecta, Alberto Cavallari, com a aquisição, a quantidade de funcionários da Tron Soluções aumentará em 50% em um ano. Atualmente, são 46 colaboradores. A Tron foi fundada pela família Fonseca há 40 anos, no Recife. Foi a primeira empresa a ser instalada no Parque Tecnológico de Pernambuco, numa área de 10 mil m². Atua com foco exclusivo no desenvolvimento, fabricação e comercialização de equipamentos dosadores de químicos e começa a investir também no Sistema de Gerenciamento para Lavanderias - que permite ao usuário gerenciar e configurar lavanderias pela internet em qualquer lugar do mundo. O grupo pernambucano - líder no Brasil e na América Latina - está instalado no Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologias Associadas de Pernambuco (Parqtel), na Várzea. 

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, a Injecta aporta em Pernambuco em um momento importante. “Atingimos a marca de 80 novos projetos de empreendimentos anunciados ou em expansão, somente em 2019. É um número emblemático, principalmente em um momento como o atual, em que o mercado chegou a cogitar o risco de uma recessão técnica no país”, destaca. O presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima, também demonstra entusiasmo com a negociação. “Pela tecnologia e parcerias que tem na Europa, há grandes chances de a Injecta atrair outras empresas de grande porte para Pernambuco”, justifica.

PARQTEL

O Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologias Associadas de Pernambuco (Parqtel) busca favorecer o desenvolvimento de um aglomerado de empresas de base tecnológica no estado, especialmente, em manufatura avançada. Criado em 1966 como uma atividade do Governo de Pernambuco para apoiar o desenvolvimento no setor de eletroeletrônicos, o Parqtel contou com o apoio de indústrias de eletroeletrônica, atualmente denominada Associação dos empresários do Parqtel, e sua área de atuação foi instituída no benefício do Prodepe (decreto nº 19.085, abril de 1996).




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.