Destaques Votação deve ser retomada com acordo para mulheres, policiais e professores

Por: Agência Estado

Publicado em: 11/07/2019 19:16 Atualizado em:

Foto: Arquivo/Agência Brasil (Foto: Arquivo/Agência Brasil)
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Segundo lideranças da Câmara, caminha-se para um acordo no qual as mudanças nas regras referentes à aposentadoria de mulheres, policiais e professores (com o destaque do PDT) sejam aceitas pelos deputados hoje na retomada da votação dos destaques da reforma da Previdência. Os entendimentos em relação a essas medidas foram costurados nesta manhã.

Com um acordo para que o destaque da oposição seja aceito, o PDT deve retirar o outro destaque do partido que está na fila.

A expectativa é de que a votação dos destaques possa ser encerrada ainda hoje, caso o acordo seja seguido.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reabriu no fim desta tarde a sessão do plenário da Casa para a votação dos destaques ao texto-base da reforma da Previdência, aprovado ontem. 

No momento da reabertura da sessão, havia 468 parlamentares na Câmara e 447 deles tinham marcado presença no plenário. Mais cedo, ao chegar à Câmara, Maia disse estar seguro de que teria mais de 500 deputados na sessão de hoje. Ontem, o texto-base da reforma foi aprovado por 379 votos a 131.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.