Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Diarinho

Carnaval

Evento gratuito no Parque da Jaqueira orienta jovens foliões a cuidar da própria saúde e do meio ambiente na festa

Publicado em: 23/02/2019 16:26

Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press

Em Pernambuco, brincar carnaval é uma tradição tão forte que se aprende ainda na infância. Além das fantasias, das danças e da irreverência, também é importante cuidar da saúde e do meio ambiente durante a folia. E é este o objetivo do Carnaval Infantil do Econúcleo do Parque da Jaqueira, que será realizado na quinta-feira, 28 de fevereiro. A programação gratuita e aberta ao público acontece das 10h às 12h e das 14h às 17h.

O evento vai incluir orientação médica aos pais ou responsáveis visando um carnaval saudável para as crianças, além de aferição de pressão arterial para checar se o folião está pronto para aguentar os quatro dias de festa, músicas educativas em ritmo de frevo, aulões de alongamento e de frevo, pocket show apontando as dicas para proteger o meio ambiente no carnaval, desfile de bloco, oficina e desfile de maquiagem biodegradável e adereços com material reciclável. O boneco mascote da ONG transformou-se em estandarte para animar a festa, que vai anunciar também a venda de um kit com camisa

e squeeze, cuja renda será revertida para a reforma da Casa do Coração, espaço dedicado a atender crianças cardiopatas carentes e suas famílias. Os irmãos Valentine e Gabriel Leal estão prontos para aproveitar a folia. “No carnaval, eu gosto de brincar, dançar, me fantasiar. Mas tem que tomar muita água. Eu gosto de fazer máscara com material reciclável e acho muito errado quem joga garrafa plástica e latinha no chão. Pra brincar o carnaval, a pessoa pode levar uma bolsa e colocar o lixo dentro”, ensina Valentine, de 10 anos.

Gabriel, 8, também já aprendeu a lição: “A gente cansa muito porque a gente dança que só. Por isso tem que beber água e não dançar muito rápido, não usar roupa calorenta e descansar quando ficar cansado.”

PROGRAMAÇÃO

Manhã (das 10h às 12h)
- Acolhida com equipe médica da UCMF ensinando como brincar um carnaval saudável, com a participação do Dr Natureza e da minhoca Maricota;
- Aferição da pressão arterial pra checar se o coração está pronto pra encarar a folia;
- Aulão de alongamento com a equipe da Academia Hora do Recreio para se preparar para a folia;
- Aula de frevo com a equipe do Econúcleo do Parque da Jaqueira;
- Desfile do bloco Tum Tá na Folia pela trilha do Econúcleo da Jaqueira, ao som de frevos educativos.

Tarde (das 14h às 17h)
- Oficina de maquiagem biodegradável e adereços carnavalescos feitos com material reciclável;
- Pocket show do grupo Mangue e Tal, formado pelos arte-educadores do Econúcleo Jaqueira com o tema da campanha de carnaval sustentável da Secretaria de Meio Ambiente "Capibaribe, quem ama não polui";
- Desfile dos adereços carnavalescos criados na oficina.

ORIENTAÇÕES PARA O CARNAVAL
- Na folia, é muito importante se hidratar, tomando água e sucos diversas vezes durante os passeios.

- Também é necessário tomar cuidado com a exposição excessiva ao sol, usando bonés e filtro de proteção.

- A fantasia ou roupa escolhida deve ser feita de tecidos leves, arejados (como algodão) e fáceis de vestir, sem detalhes pontiagudos que podem cortar ou ferir. No caso de fantasias com capas, estas não devem ultrapassar a altura da cintura da criança. Assim, não existe o risco de tropeçar e cair.

- Ao pintar o rosto, é importante usar produtos antialérgicos e atóxicos para evitar irritações de pele e intoxicações. Ao sinal de irritação, lavar com água abundante e retirar o produto.

- As máscaras de material sintético também representam riscos. Elas devem se encaixar corretamente no formato do rosto da criança para não impedir a respiração. Os elásticos fixadores das máscaras também podem ferir.

- Em locais de grande movimento é importante redobrar o cuidado para não perder os pais de vista. O uso de pulseiras de identificação é uma dica.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista João Paulo (PCdoB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco