Netflix: segunda temporada de 'O Escolhido' vai depender de resultados

Por: Flávio Ricco - TV Canal 1

Publicado em: 23/06/2019 07:00 Atualizado em: 21/06/2019 08:02

A Netflix tem no Brasil um dos seus mercados mais importantes e esta é a razão de seguidos investimentos, principalmente no campo de séries, tanto de curta quanto longa duração.

Mas não pense que o processo para viabilizar um projeto na gigante de streaming é algo fácil. São inúmeras as exigências em relação a roteiro, fotografia, produção e direção, e incluindo aí a necessidade de seguir o padrão internacional.

De acordo com alguns, existe até interferência no orçamento das produtoras brasileiras que trabalham para ela. Em comum, ainda, o chamado Termo de Confidencialidade. A estratégia de comunicação precisa da sua autorização.

Além disso, não se garante uma segunda temporada, sem antes avaliar os resultados da primeira. Este é o caso, por exemplo, de “O Escolhido”, produção brasileira que estreia em 28 de junho, simultaneamente em mais de 190 países. A primeira temporada possui seis episódios e, uma próxima, só será anunciada após criteriosa análise dos seus resultados. 

A série narra a vivência de três médicos em um vilarejo no Mato Grosso do Sul, interpretados por Paloma Bernardi, Pedro Caetano e Gutto Szuster, que precisam vacinar as pessoas contra uma mutação do vírus da Zika. Só que a população se nega a receber a imunização, porque há um líder religioso (papel de Renan Teca) na cidade que afirma ter ele o poder de curar as pessoas. Um choque entre a ciência e a fé.

TV Tudo

Desconfiança
Na Globo, o elenco da “Escolinha do Professor Raimundo” tem sérias dúvidas sobre a volta de Cininha de Paula à direção do programa no segundo semestre do ano que vem. Para muitos, haverá outro profissional por ali, indicado por Marcius Melhem.

Se voltar, a Cininha funcionará no modelo “contrato por obra”. 

Restou ele
O produtor musical Rick Bonadio foi o único integrante do extinto reality “X – Factor”(2016) que conseguiu se segurar na Band. Isso porque havia uma remota possibilidade de segunda temporada, algo que não se concretizou.

Hoje, ele colabora no programa “Música na Band”.

Custo-benefício
“Música na Band” tem um forte apoio de Bonadio no trato com os artistas, praticamente custo zero e índices razoáveis de audiência.

Daí a justificativa para mantê-lo na programação.

Próxima parada
Bruno Garotti, diretor de “Cinderela Pop”, vai começar a tocar um novo filme, no segundo semestre, com a participação de Giovanna Lancellotti.

Um projeto com a Netflix.

Inegável
Jesuíta Barbosa, atualmente em “Verão 90”, funciona muito melhor como ator de séries na Globo.

O currículo fala por si.       

Sintonia
Com “Amor de Mãe”, próxima novela das 21h, Isis Valverde vai para seu quarto trabalho na Globo em parceria com o diretor José Luiz Villamarim.

Antes, “Avenida Brasil”, “O Canto da Sereia” e “Amores Roubados”. Isis sempre se sai muito bem sob o comando deste profissional.

Desembarque
Lucélia Santos e Edwin Luisi desembarcaram terça-feira em Portugal, para reuniões com Rui Vilhena e Marcos Schechtman, respectivamente, autor e diretor da novela “Na Corda Bamba”, título provisório.

As gravações começam em julho e a exibição será na TVI.

Plataforma de vídeos    
Sabrina Sato não tem nenhuma previsão de volta à televisão. Pode ser este ano, mas também pode não ser. A Record não pretende errar a mão e continua atrás de um bom formato para a apresentadora.

Enquanto ele, o formato, não aparece, Sabrina investe cada vez mais no YouTube, inclusive em área de criação. É a sua praia no momento.

Fica assim
A Band não vai se desfazer da marca “Café com Jornal”, ao contrário do que chegou a ser comentado nas últimas semanas.   

Já está decidido que será mantida, mesmo com as anunciadas mudanças na programação da manhã. Luís Megale e Joana Treptow seguirão no informativo.

Caixa
Se tem alguém que sabe usar muito bem suas redes sociais para engordar o orçamento, este alguém é Marina Ruy Barbosa.

A jovem atriz, sempre requisitada, não perde viagem.  

Descanso longo
Falando em Marina Ruy, a Globo pretendia transformá-la em par de Cauã Reymond na terceira temporada da série “Ilha de Ferro”.

Com o cancelamento da produção, não se sabe ao certo quando a estrela voltará ao vídeo. No momento, férias.    

Falabella
Em cena prevista para ir ao ar dia 25, Miguel Falabella fará uma participação especial em “Cine Holliúdy”, na Globo.

Trata-se de Miguel, pai de Marylin (Letícia Colin). Alegando estar doente, ele aparece em Pitombas para tentar se reaproximar da filha.

Foto: Marcos Rosa/ TV Globo
Foto: Marcos Rosa/ TV Globo


Bate – Rebate
·       “Salve-se quem puder”, novela das sete que estreia em janeiro na Globo, vai promover lançamentos...

·       ...A lista inclui quatro crianças.

·       ESPN e Fox Sports estão sofrendo mudanças nos seus bastidores, incluindo cortes...

·       ...Mas e o comprador do Fox? Será que aparece ainda este ano?...

·       ...Como se sabe, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra da 21st Century Fox pela Disney, também dona da ESPN, condicionando a venda do Fox...

·       ...O Cade entende que assim estará assegurada a competitividade entre os canais esportivos.

·       A televisão paga deve ter um caso de amor com a série de filmes “Resident Evil”...

·       ...Exibição praticamente todos os dias.

·       Para muita gente, inclusive da equipe do próprio “The Voice Brasil”, a entrada da cantora Iza foi uma surpresa...

·       ...Como também a saída de Carlinhos Brown, que segue apenas no “Kids”...

·       Isso porque a maioria apostava na saída de Lulu Santos.

C’est fini
A comédia “A Mulher do Meu Marido”, com estreia em 29 de agosto, terá um forte esquema de lançamento visando atingir salas de cinema de todo o país. Na história, após anos de casamento com Pedro (Paulo Tiefenthaler), Joana (Luana Piovani) descobre que está sendo traída, mas decide fingir que não sabe de nada, e dá o troco.

A personagem de Luana começa a se relacionar com o marido da amante secreta.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.