Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
COLUNAS
empreendedorismo social Fazer o bem reacende a esperança

Por: Fábio Silva

Publicado em: 01/02/2019 07:40 Atualizado em: 01/02/2019 08:07

Foto: João Paulo Teixeira/Divulgação
Foto: João Paulo Teixeira/Divulgação

Chegamos a Brumadinho na madrugada desta quinta-feira (31). A pequena cidade e seus pouco mais de 30 mil habitantes respiram a morte. Por onde andamos, nos deparamos com a dor. É impossível não chorar junto. Impossível não se abater. Viemos num grupo de oito voluntários pernambucanos. Todos ligados à ONG Novo Jeito e da plataforma Transforma Brasil. Desde a última sexta-feira, nossa rotina tem sido mobilizar voluntários em prol de Brumadinho. E tem dado certo. De lá pra cá, mais de cinco mil pessoas se cadastraram utilizando o site www.transformabrasil.com.br para encontrar uma forma de ser útil neste momento tão traumático para todo o Brasil. Psicólogos, médicos, enfermeiros, veterinários e assistentes sociais foram os primeiros voluntários a serem requisitados para agir. Enviamos os grupos para postos de saúde, IML, quadras esportivas, igrejas... por toda a cidade há aglomeração de velórios. Em todos os velórios, as pessoas não têm como consolar umas as outras, pois todas precisam de consolo. Muitas passam mal. Não acreditam na dura realidade. As crianças não entendem por que tantas pessoas choram juntas ao mesmo tempo. Elas também precisam de consolo, na inocência da sua dor. É uma cidade inteira devastada pela dor.

Foto: João Paulo Teixeira/Divulgação
Foto: João Paulo Teixeira/Divulgação


Na noite desta mesma quinta-feira, um mesmo local parecia reunir toda a cidade: a Igreja Matriz de São Benedito não coube todos os parentes de vítimas que chegavam para a missa de sétimo dia. Antes disso, todos foram surpreendidos pelos voluntários. Realizamos uma ação já conhecida no Recife:#MaisAmor. Cada voluntário oferecia uma rosa e uma quantidade de abraços sem fim. Longos abraços. Abraços regados a lágrimas. Estávamos ali para chorar junto. É que também dói no nosso coração. O voluntariado tem esse dom: o de fazer as pessoas se sentirem no lugar umas das outras e ajudar a dividir o peso da dor. Há uma cidade inteira precisando se recompor e não será possível reerguer o município sem reerguer as pessoas. Essa é apenas uma das importantes missões do voluntariado. “Brumadinho, estamos aqui. Estamos com vocês!”

*Fábio Silva é empreendedor social, criador da ONG Novo Jeito, do Porto Social, e das plataformas Transforma Recife e Transforma Brasil


Menino utiliza tablet do mostruário de loja para fazer uma tarefa escolar
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Crochê, tricô, bordados e aplicações
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco