Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Ciência e Saúde

CARNAVAL

Dicas de como aproveitar a folia sem prejuízos ao corpo

Publicado em: 19/02/2020 06:20 | Atualizado em: 19/02/2020 07:35

 (Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP)
Foto: Ricardo Fernandes/Arquivo DP
A época mais festiva do ano está chegando e para aproveitar as variadas festas carnavalescas sem prejuízos à saúde vale investir em alguns cuidados. Seja na rua, no baile ou nas ladeiras de Olinda, as pernas e pés são os mais requisitados e, consequentemente, os mais sobrecarregados. A cirurgiã vascular Flávia Souza explica que o funcionamento do corpo é interligado, ou seja, hidratação, boa alimentação e descanso são essenciais. 
 
"Muitas pessoas acreditam que ficar parado por um longo período ajuda o corpo a descansar, mas, na verdade, pode prejudicar a circulação da mesma maneira que longas caminhadas. O ideal é tentar equilibrar", sugere. 
 
Flávia acrescenta ainda que investir em calçados confortáveis, elevar as pernas ao final de cada dia de festa e massagear os membros inferiores fazem toda a diferença para evitar inchaços. "Quem já tem problemas circulatórios deve intensificar nos cuidados", alerta.
 
A atenção também vai para a alimentação e hidratação. Nestes aspectos, não só a profissional vascular reforça a importância. O urologista Dimas Antunes, especialista em litíase renal, também é enfático quanto à ingestão de água e redução de alimentos com excesso de sal. "No verão, época em que ocorre o carnaval, existe um aumento de 30% dos casos de cólicas renais justamente por falta de hidratação, já que as pessoas transpiram mais e não costumam repor o líquido. E como líquido, entendemos não só água, mas também isotônicos, água de coco, sucos cítricos, que, além de hidratar, possuem citrato, importante para evitar a formação do cálcio na urina", explica e ressalta que o ideal é ingerir o suficiente para urinar 30 ml por kg de peso.
 
O médico reforça ainda que o excesso de sódio também é agente maléfico na proliferação dos cálculos e uma alimentação leve é aconselhada para o período. E quem costuma prender a urina por um longo tempo, Dimas esclarece que é um grande mal. 
 
"Sei que nas festas de rua é mais complicado ir ao banheiro, mas quando a urina fica acumulada na bexiga costuma deixar uma série de resíduos, que podem causar uma infecção urinária", argumenta e diz que seguindo as orientações é possível, sim, cair no passo cheio de saúde e disposição.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A pandemia em Pernambuco - destaques de 2 de abril
População lota as ruas de Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes
A pandemia em Pernambuco -  destaques de 1 º de abril
Filas e aglomeração nas agências bancárias
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco