Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Ciência e Saúde

PESQUISA

Leite integral reduz chances de crianças ficarem obesas, diz estudo

Publicado em: 01/01/2020 09:32

 (Foto: NeONBRAND/Unsplash)
Foto: NeONBRAND/Unsplash
Uma revisão sistemática e uma meta-análise conduzidas pelo Hospital de Saúde Michael de St. Michael, em Toronto, descobriram que crianças que bebem leite integral têm 40% menos chances de estar acima do peso ou obesas, em comparação as que consomem a versão com baixo teor de gordura. A pesquisa, publicada no American Journal of Clinical Nutrition, analisou 28 estudos de sete países que exploraram a relação entre a ingestão da bebida e o risco de engordar.

Nenhum dos estudos, que envolveram quase 21 mil crianças e adolescentes entre 1 e 18 anos, apontou que aqueles que bebiam leite com baixo teor de gordura tinham menor risco de estar acima do peso ou obesas. Dezoito dos 28 sugeriram o contrário: o consumo da bebida integral foi associado à menor probabilidade de ter índice de massa corporal acima do saudável.

Os resultados desafiam as diretrizes internacionais que recomendam que as crianças consumam leite de vaca com baixo teor de gordura em vez do integral a partir dos 2 anos, para reduzir o risco de obesidade. "Todos os estudos que examinamos foram observacionais, o que significa que não podemos ter certeza se o leite integral causou menor risco de sobrepeso ou obesidade", ressalta, contudo, Jonathon Maguire, principal autor da revisão e pediatra da St. Michael%u2019s Hospital. "Um estudo controlado randomizado ajudaria a estabelecer causa e efeito, mas nenhum foi encontrado na literatura."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Estudo revela potenciais danos cerebrais decorrentes da Covid-19
Seminário discute novo marco legal do saneamento básico
Notícias do dia: Enem só em 2021, Bom Jesus entre as ruas mais belas e gays podem doar sangue
Moro: Lula e Bolsonaro são extremos a serem evitados
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco