Achado Astrônomos descobrem estrela quase tão velha quanto o universo Batizada de 2MASS J18082002-5104378, o astro tem 13 bilhões de anos e é mais velho do que o Sol

Publicado em: 19/01/2016 10:19 Atualizado em: 19/01/2016 11:27

Telescópio NTT e a estrela 2MASS J18082002-5104378. Foto: ESO/Reprodução
Telescópio NTT e a estrela 2MASS J18082002-5104378. Foto: ESO/Reprodução

Um grupo de astrônomos brasileiros e americanos identificou uma estrela quase tão velha quanto o próprio universo. Batizada de 2MASS J18082002-5104378, o astro é mais velho do que o Sol e pode ajudar a conseguir mais informações sobre os primeiros momentos da Via Láctea. A estrela teria surgido em um período no qual existiam apenas os elementos químicos hidrogênio e hélio, além de uma pequena quantidade de lítio. 

Estima-se que a 2MASS J18082002-5104378 tenha ao menos 13 bilhões de anos, ou seja, 8,5 bilhões de anos mais velha que a Terra e 8,6 bilhões de anos mais idosa que o Sol. Ela se localiza a cerca de 2,5 mil anos-luz de distância. A idade do universo é estimada atualmente em 13,8 bilhões de anos. A estrela foi identificada por meio de estudos realizados com os telescópios NTT e VLT, pertencentes ao Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile. 

O astro é tão antigo que foi classificado na categoria das estrelas ultra pobres em metais (UMP, na sigla em inglês). Apenas estrelas cuja quantidade de metal é 1/10000 da observada no Sol entram neste grupo. Também é a UMP mais brilhante descoberta até hoje.

A descoberta da 2MASS J18082002-5104378 é parte de um projeto para encontrar as estrelas mais brilhantes que fossem ultrapobres em metais da Via Láctea. O objetivo é encontrar astros que pudessem iluminar o passado químico da galáxia e do Universo e suficientemente luminosos para poder ser estudados por meio de sua assinatura de luz, conhecida como espectro. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.