Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

INVESTIGAÇÃO

Dono da Havan é alvo da Receita Federal por sonegação de R$ 2,5 mi

Publicado em: 12/06/2020 13:46 | Atualizado em: 12/06/2020 14:19

 (Foto: Reprodução/Facebook)
Foto: Reprodução/Facebook
A Receita Federal descobriu uma sonegação no valor corrigido de quase R$ 2,5 milhões em contribuição previdenciária por parte da Havan, empresa comandada por Luciano Hang, apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

O crime é semelhante ao de 2003, quando o empresário foi condenado na segunda instância. Na ocasião um acordo foi feito e a pena foi suspensa.

O processo mais recente é de 2013, quando chegou ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que negou os recursos e manteve a autenticação. Entre contribuições e multas, a Receita cobra da Havan R$ 1.052.000,00. Com a correção, o valor chega a R$ 2.486.973,20.
 
Procurado para comentar os apontamentos da Receita Federal, em Havan, por meio de departamento jurídico, disse que “uma denúncia é antiga” e nem “foi aceito anteriormente, por inépcia”. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rua do Bom Jesus está no topo do ranking das mais belas, diz revista americana
Destaques da semana: restaurantes vão reabrir, Bom Jesus entre as mais belas ruas e volta do futebol
10/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Itália proíbe entrada de viajantes brasileiros
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco