Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

LEVANTAMENTO

Brasil registra uma de cada 10 mortes por Covid-19 no mundo

Por: Bruna Lima

Publicado em: 23/06/2020 08:09

Com 51.271 vidas perdidas, o Brasil acumula mais de dez por cento do total de mortes no mundo provocadas pelo novo coronavírus. Segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, o balanço mundial acumula 470.679 fatalidades. São 1.106.470 infectados pela doença no país, com acréscimo de 21.432 casos nas últimas 24 horas. O Brasil segue como segundo país com mais positivos para covid-19 no mundo. Somente os Estados Unidos têm números absolutos superiores aos brasileiros. São 2.305.950 casos e 120.340 óbitos.

O país liderava o número de atualizações diárias de óbitos há semanas, mas, ontem, foi superado pelo México. Foram 654 mortes no Brasil, de domingo para segunda, contra 1.044, naquele país. Apesar da ultrapassagem, o baixo número de registros no Brasil é esperado. Por conta do fim de semana, há uma defasagem nos registros dos casos e das mortes divulgados pelo Ministério da Saúde, o que dificulta inferir que haja uma desaceleração.

Ao analisar por semana epidemiológica, na última (25ª), o país bateu recorde de óbitos no acumulado de sete dias: 7.256. O número é maior do que a soma de todas as fatalidades registradas na China (4.639), Portugal (1.534) e Argentina (1.016), desde o início da pandemia.

Estados
São Paulo é o estado com maiores números absolutos: são 12.634 óbitos e 221.973 infectados. Outras oito unidades federativas ultrapassaram a marca de mil óbitos cada. São elas: Rio de Janeiro (8.933), Ceará (5.604), Pará (4.605), Pernambuco (4.252), Amazonas (2.671), Maranhão (1.760), Bahia (1.441) e Espírito Santo (1.362). Juntos, os nove estados somam 43.262 mortes, ou seja, 84,3% de todos os óbitos. No país, apenas o Mato Grosso do Sul possui menos de 100 fatalidades; até o momento, o estado registra 47.

A atualização diária no Brasil traz um aumento de 1,1% no número de óbitos em relação a domingo, quando o total estava em 50.617. O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 1,9% sobre o número do dia anterior, quando os dados do ministério registravam 1,085 milhão de pessoas infectadas.

Do total de casos confirmados para a doença, 483.550 pacientes estão em observação, 571.649 foram recuperados e 3.912 mortes estão em investigação.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4,6%. A mortalidade (falecimentos por 100 mil habitantes) foi de 24,4. Já incidência (casos confirmados por 100 mil habitantes) ficou em 526,5.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Itália proíbe entrada de viajantes brasileiros
10/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Burro invasor de lives faz santuário de animais arrecadar dinheiro
Seminário discute novo marco legal do saneamento básico
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco