Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

ÓBITO

Brasil tem primeira morte pelo novo coronavírus em São Paulo

Publicado em: 17/03/2020 10:52 | Atualizado em: 17/03/2020 19:26

 (Foto: STR / AFP)
Foto: STR / AFP

Após confirmar a primeira morte por causa do novo coronavírus no Brasil, o Governo de São Paulo afirmou, nesta terça-feira (17), que o homem de 62 anos não havia viajado para o exterior e que sua morte se enquadra em um caso de transmissão comunitária, quando não há como detectar a origem do vírus.

De acordo com José Henrique Germann, secretário de Saúde do estado de São Paulo, será necessário reforçar as medidas de prevenção. "Temos que reforçar cada vez mais as medidas de prevenção principalmente por se tratar de um óbito comunitário", avaliou. O paciente de 62 anos era morador de São Paulo e tinha histórico de hipertensão e diabetes. Ou seja, ele estava dentro do grupo de risco.

O infectologista e coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, David Uip, disse que a evolução do caso deste paciente foi rápida. O homem apresentou os sintomas da doença na última terça-feira (10), foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no sábado (14) e faleceu nessa segunda-feira (16). "Esse caso mostra uma evolução rápida. Nós estamos vendo que o período de incubação é mais curto. A média é de 3 a 8 dias", apontou.

Até o momento, de acordo com o governo de São Paulo, 80% dos casos confirmados no estado são leves e 20% tiveram que ser internados. O Governo de São Paulo não soube precisar quantos pacientes estão em estado grave, mas estima que cerca de 5% dos casos confirmados estejam nessa situação. Em São Paulo, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, há 162 casos confirmados, sendo 154 na capital e o restante na grande São Paulo.

Possível caso no Rio de Janeiro 

Uma mulher de 63 anos morreu com sintomas suspeitos do novo coronavírus, nesta terça-feira (17), no município de Miguel Pereira, Rio de Janeiro. De acordo com informações da prefeitura da cidade, a paciente trabalhava na capital fluminense e esteve em "contato direto" com a sua empregadora, que chegou da Itália recentemente e testou positivo para Covid-19. A Secretaria de Saúde do RJ disse que não há confirmação de óbito pelo vírus no estado e que os exames devem sair em até 48h.

De acordo com informações da Prefeitura de Miguel Pereira, a mulher deu entrada no Hospital Luiz Gonzaga "já em quadro grave, vindo diretamente do seu ambiente de trabalho para a unidade de saúde". Ainda segundo a prefeitura, o laudo das autoridades sobre o caso sairá em breve, constando maiores informações sobre a causa da morte.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Músico vence limitações do distanciamento social oferecendo shows particulares por encomenda
03/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Destaques da semana: caso Miguel, Decotelli fora do MEC e retorno do Campeonato Pernambucano vetado
Inscrições para o Vestibular 2020.2 da Unicap vão até 15 de julho
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco