Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

MEDIDA

Prefeitura de Niterói fecha acesso às praias para conter coronavírus

Publicado em: 18/03/2020 22:38

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
A partir desta quinta-feira (19), a prefeitura de Niterói, na região metropolitana do Rio, vai bloquear os acessos às 15 praias da cidade, entre elas, Icaraí, Camboinhas, Piratininga, Itacoatiara, Itaipu, além de determinar o fechamento de shoppings, centros comerciais, restaurante e clubes. Essas medidas se somam a outras já adotadas para conter a disseminação do novo coronavírus em Niterói. O prefeito Rodrigo Neves assinou o decreto com as novas determinações.

De acordo com o decreto, o fechamento ao público de todos os bares, restaurantes, shoppings centers, centros comerciais, clubes e quiosques de alimentação de Niterói e as praias vai até o dia 6 de abril. A prefeitura vai manter o serviço de entrega de refeições e lanches por meio de aplicativos de entrega ou entrega direta.

Sobre as praias, o documento proíbe a permanência nas praias da Região Oceânica e da Baía de Guanabara, bem como nas praças públicas de Niterói, também até 6 de abril. O texto reforça que os cidadãos devem sair às ruas "apenas para atividades inadiáveis ligadas à alimentação, saúde e trabalho". A finalidade é conter o aumento dos casos de coronavírus entre a população da cidade.

O prefeito Rodrigo Neves determinou também o fechamento de vias públicas de acesso às praias da Região Oceânica de Niterói, permitido apenas os acessos de moradores e serviços de entrega.

“O objetivo dessas medidas duras é fazer com que as pessoas fiquem em casa. A cidade já teve uma redução muito grande de pessoas nas ruas, mas é necessário diminuir ainda mais, reduzir ao mínimo possível o número de pessoas circulando nas ruas. Só dessa forma vamos salvar vidas”, afirmou Rodrigo Neves.

O prefeito ressalta que, para o bloqueio do acesso às praias, haverá a presença das agências de segurança e dos agentes de ordem pública.

Coronavírus
De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), Niterói tem seis casos confirmados de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Todos os pacientes realizaram viagem ao exterior, estão em isolamento domiciliar e sendo acompanhados pela FMS.

O prefeito avaliou que é fundamental o engajamento do setor privado. O município reconhece o impacto econômico das medidas de contenção e, por isso, anunciou, no início da semana, o adiamento do pagamento do Imposto Sobre Serviço (ISS) para todos os setores pelo prazo de três meses.

“O momento é fundamental para salvarmos vidas e protegermos os cidadãos, para cuidarmos da nossa cidade. Por isso, é importante a compreensão também de todo o setor privado. Assim como tivemos outras crises em Niterói, como a crise fiscal do início do mandato, e a da Segurança Pública, vamos sair mais fortes dessa situação, como saímos das demais”, disse Neves.

Aumento de leitos
O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, anunciou a montagem imediata de mais 14 leitos de UTI no Hospital Municipal Carlos Tortelly, no Centro, além dos que já estão garantidos de acordo com o plano de contingência da Secretaria Estadual de Saúde.

“Na semana que vem, teremos mais 30 leitos e, se for necessário, passaremos de 100 novos leitos de UTI”, afirmou o secretário. 

Rodrigo Oliveira informou, ainda, que estão suspensas as consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas, mantendo apenas aquelas que a não realização coloque em risco a vida do paciente, como por exemplo, as cirurgias cardíacas e oncológicas.

“É importante que a população tenha a clareza de que, nesse momento, a prioridade é o enfrentamento do coronavírus. Importante que a população só procure as unidades de saúde para casos graves para evitar risco de exposição ao vírus. As emergências continuarão abertas. Mas fica o apelo para que a população só procure as unidades de saúde para casos graves”, reforçou Oliveira.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Victor Assis (PCO)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #177 - Peixeis ósseos e cartilaginosos
Rhaldney Santos entrevista Dr. Luiz Carlos Santos
Rhaldney Santos entrevista Dra. Rebecca Spinelli
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco