Meio ambiente Polícia Civil de Goiás investigará incêndio na Chapada dos Veadeiros

Por: AE

Publicado em: 01/10/2019 09:32 Atualizado em:

Divulgação/CMBGO
Divulgação/CMBGO
A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil de Goiás, vai apurar as causas dos incêndios que atingiram até domingo (29) o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a cerca de 260 quilômetros de Brasília.
De acordo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o fogo atingiu, aproximadamente 3 mil hectares no interior do parque e mais 3,5 mil hectares no entorno da área de proteção ambiental.

O inquérito da Polícia Civil ainda não foi instaurado. “Estamos aguardando o relatório dos Corpo de Bombeiros e do ICMBio”, disse à Agência Brasil o delegado Luziano Severino de Carvalho, responsável pela Dema. Segundo Carvalho, “90% a 95% dos incêndios (florestais na região) ocorrem por ação humana, não necessariamente dolosa (com intenção).”

Os incêndios começaram há mais de uma semana em área externa ao parque. Depois desse foco, outros ocorreram dentro e fora da unidade de conservação. O primeiro foco de incêndio extinto foi em uma área conhecida como Sertão Zen, ainda na sexta-feira (27). O outro, na Serra da Boa Vista/Rio dos Couros, fora dos limites da área de proteção e foi debelado no domingo (29).

“Na manhã de domingo, enquanto brigadistas do ICMBio e Prevfogo/Ibama e bombeiros militares de Goiás, com apoio de aeronaves lançando água, finalizavam o incêndio na região da Serra da Boa Vista e de Couros, foi detectada uma nova frente de incêndio, na região da Serra do Segredo. A tarde, brigadistas chegaram a ser deslocados de helicóptero para a área, porém, as chuvas chegaram e favoreceram a extinção total dos incêndios”, descreve mensagem recebida da Divisão de Comunicação Social do ICMBio.

A operação que combateu o incêndio foi batizada como Alto Paraíso e mobilizou 90 pessoas – entre brigadistas do ICMBio, do Ibama, bombeiros militares e voluntários da Rede Contra o Fogo. Quatro aviões tanques do ICMBio para lançamento de água, um helicóptero do Corpo de Bombeiros para o deslocamento de tropas e 18 viaturas terrestres foram utilizadas na operação.

Além do Parque Nacional, as chamas chegaram ao território quilombola Kalunga, no município goiano de Cavalcante, mas não atingiram moradias.

A Chapada dos Veadeiros compreende os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d'Aliança. A área tem 240 mil hectares de Cerrado.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.