Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

NOTA

Academia se desculpa por fantasia de Klu Klux Klan em festa de Halloween

Publicado em: 22/10/2019 10:22

Além da roupa característica, a fantasia incluía o brasão do grupo racista norte-americano. (Foto:Reprodução/Twitter)
Além da roupa característica, a fantasia incluía o brasão do grupo racista norte-americano. (Foto:Reprodução/Twitter)
A foto de uma pessoa fantasiada como membro da Ku Kux Klan, grupo racista criado nos Estados Unidos, em uma festa de Halloween em Brasília, na última sexta-feira, causou repúdio nas redes sociais.

Durante o evento, realizado por uma academia de crossfit, uma pessoa não identificada vestiu-se com o capuz e a indumentária, que incluía o brasão, do grupo supremacista.  

A divulgação da imagem fez com que muitos internautas repudiassem a cena e cobrassem uma posição da empresa realizadora do evento. "As pessoas não fazem ideia do quão grave é um cara se vestir de Ku Klux Klan e ir para uma festa e ninguém falar nada?", questionou um internauta. "Nenhum frequentador do Crossfit Selva estranhou alguém estar vestindo uma roupa extremamente ofensiva e racista como se fosse uma fantasia, eu to em choque até agora", comentou outra.

Após a repercussão, o Crossfit Selva publicou, na segunda-feira (21), uma nota na qual se diz "a favor da diversidade em toda a sua pluralidade" e contra qualquer tipo de preconceito. "Diante do ocorrido, nos próximos eventos tomaremos as devidas precauções para que tal fato não ocorra novamente", diz a nota (leia a íntegra abaixo).

A Klu Klux Klan teve origem entre 1910 e 1920 nos Estados Unidos, causou uma série de assassinatos e violência contra minorias no país — principalmente contra negros e imigrantes por defender a supremacia branca e a anti-imigração.  

Nota na íntegra: 
"Nós do Crossfit Selva somos uma empresa a favor da diversidade em toda sua pluralidade. Somos totalmente contra qualquer espécie de preconceito e repudiamos qualquer forma de violência. Somos uma comunidade que preza pelo respeito mútuo acima de tudo, sempre com objetivo de promover a integração humana.

A academia não coaduna com qualquer ato de desrespeito e incitação ao ódio e ao preconceito!

Lamentamos o fato Ocorrido no dia 18/10, ocasião em q um dos participantes utilizaram fantasia ofensivas! Enfatizamos, novamente, q a academia não coaduna com a ideologia representada!

Diante do ocorrido, nos próximos eventos tomaremos as devidas precauções para que tal fato não ocorra novamente!
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A pandemia em Pernambuco  destaques de 01/06
Jogos Inesquecíveis: Um mundão para chamar de meu
De 1 a 5: Alterações do olfato, perda auditiva e Covid-19
01/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco